Página Principal > Emergências > Quais práticas estão associadas com mais eficácia no plantonista da emergência?
corredor com duas enfermeiras levando uma maca

Quais práticas estão associadas com mais eficácia no plantonista da emergência?

Tempo de leitura: 2 minutos.

Quais comportamentos, ações e/ou perfis estão associados com mais eficácia no plantonista da emergência? Um novo artigo, publicado recentemente na Academic Emergency Medicine, investigou essa questão.

O estudo utilizou duas fontes:

1) Uma amostra de 16 participantes (diretores médicos do departamento de emergência, enfermeiros e médicos) identificou comportamentos relacionados à eficiência durante entrevistas semi-estruturadas. Noventa e nove comportamentos foram identificados e separados em 18 temas por um grupo de três plantonistas.

2) Um estudo observacional com 35 plantonistas foi realizado em quatro (30 mil a 55 mil visitas) departamentos de emergência durante dois períodos de 4 horas e registrado minuto a minuto.

Cada comportamento ou prática da primeira fonte foi atribuído a uma pontuação dentro de cada período de observação. Os comportamentos foram testados quanto à associação com a eficiência.

Resultados

Cinco práticas foram positivamente associadas à eficiência:

  1. Acompanhar mais pacientes simultaneamente
  2. Usar o nome dos membros da equipe
  3. Ter conversas com a equipe
  4. Visitar o quarto dos pacientes
  5. Revisar sistematicamente o status dos pacientes na emergência

Dois comportamentos, considerados “práticas de ineficiência”, demonstraram correlações negativas:

  1. Realizar tarefas não relacionadas ao trabalho
  2. Documentação de pacientes que não estão mais na emergência

Para os autores, entender os comportamentos que influenciam diretamente na eficiência do departamento é fundamental para otimizar o tratamento ao paciente e reduzir os custos.

Leia também: ‘Quais são as características de um ‘bom médico’?’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Bobb, M. R., Ahmed, A., Van Heukelom, P., Tranter, R., Harland, K. K., Firth, B. M., Fry, R., Schneider, K., Dierks, K. K., Miller, S. L. and Mohr, N. M. (), Key High Efficiency Practices of Emergency Department Providers: A Mixed Methods Study. Acad Emerg Med. Accepted Author Manuscript. doi:10.1111/acem.13361

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.