Página Principal > Cirurgia > Qual o tempo ideal de tratamento com opioides no período pós-operatório?
medica avaliando paciente no pos-operatorio

Qual o tempo ideal de tratamento com opioides no período pós-operatório?

Tempo de leitura: 3 minutos.

O manejo da dor nos pacientes em pós-operatório por vezes gera dúvidas e inseguranças, principalmente para os profissionais mais inexperientes. A analgesia não é uma tarefa tão simples como se pensa e sua boa prática é de extrema importância. Por esse motivo, em setembro deste ano foi publicado na Jama Surgery um trabalho que tem como objetivo tentar elucidar certos aspectos.

À medida que a taxa de prescrição de opioides aumentou drasticamente nos últimos anos, a prescrição excessiva de medicamentos para dor foi associada à crescente epidemia do uso de opioides e às mortes por overdose nos Estados Unidos. Como resultado, permanece a incerteza quanto às melhores práticas para a prescrição desses medicamentos, particularmente no manejo ambulatorial da dor no pós-operatório.

Neste contexto, foi investigado os padrões de prescrição de medicamentos opioides para dor após procedimentos cirúrgicos.

As diretrizes do American College of Occupational and Environmental Medicine do tratamento com opioides aborda a dor pós-operatória. Entretanto, as recomendações são limitadas para o rastreio de pacientes que continuam com opioides além da segunda semana pós-operatória, prescrevendo uma dose diária máxima de 50 mg de equivalentes de morfina para pacientes virgens de opioides e interrompendo para os que alcançaram uma recuperação significativa.

Mais do autor: ‘Antibioticoprofilaxia na cirurgia – é possível encurtar a janela de 60 min recomendada?’

A American Pain Society recomenda a instrução dos pacientes sobre o uso de opioides na transição para o atendimento ambulatorial, mas, de outro modo, não tem recomendações sobre o tipo ou a duração da analgesia. O Institute for Clinical Systems Improvement recomenda limitar as prescrições iniciais a 3 dias ou 20 comprimidos associado à outros analgésicos não-opioides, educação e acompanhamento apropriados.

A duração ideal da prescrição de opioides após procedimentos cirúrgicos comuns provavelmente se situa entre 4 a 9 dias para procedimentos de cirurgia geral (CG), 4 a 13 dias para procedimentos de saúde da mulher (ginecológicos em sua maior parte) e 6 a 15 dias para procedimentos musculoesqueléticos. Enquanto que um limite médio de 7 dias parece ser adequado para a maioria de procedimentos cirúrgicos e ginecológicos, para pacientes submetidos a intervenções ortopédicas e neurocirúrgicas, esse limite pode ser insuficiente.

Em suma, a prescrição de opioides no pós-operatório deve equilibrar o tratamento adequado da dor com a minimização da duração do tratamento e do potencial de complicações medicamentosas, incluindo problemas com dependência. São necessários mais estudos para identificar o melhor manejo dos cerca de 10% a 30% dos pacientes que exigirão um tratamento intensivo da dor, principalmente em pós-operatórios ortopédicos e neurocirúrgicos.

É médico e também quer ser colunista da PEBMED? Clique aqui e inscreva-se!

Autor:

Referências:

  • Scully RE, Schoenfeld AJ, Jiang W, Lipsitz S, Chaudhary MA, Learn PA, Koehlmoos T, Haider AH, Nguyen LL. Defining Optimal Length of Opioid Pain Medication Prescription After Common Surgical Procedures. JAMA Surg. Published online September 27, 2017. doi:10.1001/jamasurg.2017.3132

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.