Página Principal > Endocrinologia > Relação entre calor ambiente e risco de diabetes
sol incidindo sobre a cidade

Relação entre calor ambiente e risco de diabetes

Tempo de leitura: 1 minuto.

Em artigo do British Medical Journal (BMJ), pesquisadores examinaram a associação entre a temperatura ambiente e a incidência de diabetes nos EUA, e a prevalência de intolerância à glicose em todo o mundo.

Usando meta-regressão, os autores determinaram a associação entre a temperatura média anual e a incidência de diabetes no período de 1996 a 2009 nos Estados Unidos. Posteriormente, os resultados foram agrupados em uma meta-análise para avaliar a associação com a prevalência de intolerância à glicose.

Os resultados demonstraram que, em média, por cada 1 °C de aumento na temperatura, a incidência de diabetes ajustada por idade aumentou 0,314 (IC de 95%: 0,194 a 0,434) por 1.000. Da mesma forma, a prevalência mundial de intolerância à glicose aumentou em 0,170% (IC de 95%: 0,107% a 0,234%) por cada aumento de 1 °C na temperatura. Essas associações persistiram após o ajuste para obesidade.

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que, quanto maior a temperatura ambiente, maiores podem ser as taxas de diabetes e intolerância à glicose.

Você sabia? ‘Metformina é a droga para diabetes com pior adesão’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Blauw LL, Aziz NA, Tannemaat MR, et al Diabetes incidence and glucose intolerance prevalence increase with higher outdoor temperature BMJ Open Diabetes Research and Care 2017;5:e000317. doi: 10.1136/bmjdrc-2016-000317

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.