Home / Infectologia / SUS adotará uso preventivo da pílula anti-HIV para pacientes em risco

SUS adotará uso preventivo da pílula anti-HIV para pacientes em risco

Infectologia, Saúde & Tecnologia, Saúde Pública
Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

bO Ministério da Saúde anunciou na Conferência Internacional de Aids que pretende integrar o uso preventivo da pílula anti-HIV ao SUS. A expectativa é atender 10 mil pessoas no primeiro ano. A ação será destinada a populações com alto risco de infecção.

A profilaxia pré-exposição (PrEP) é recomendada pela OMS desde 2014, para pessoas em risco de infecção pelo vírus HIV. O estudo internacional iPrEX relatou que a eficácia da pílula em prevenir infecções foi de 86% em homens saudáveis que tem relação sexual com homens com HIV.

No Brasil, a terapia com antirretroviral é liberada somente para o tratamento doença, por isso, ainda é necessário a aprovação da Anvisa para seu uso na prevenção, que deve acontecer nas próximas semanas.

500x250-1

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

Referências: https://g1.globo.com/bemestar/noticia/2016/07/sus-deve-adotar-uso-preventivo-de-pilula-anti-hiv-para-pessoas-em-risco.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.