Página Principal > Cardiologia > Ter um infarto agudo do miocárdio aumenta risco de desenvolver demência?
demencia

Ter um infarto agudo do miocárdio aumenta risco de desenvolver demência?

Tempo de leitura: 1 minuto.

Pacientes que tiveram um infarto agudo do miocárdio (IAM) têm mais risco de desenvolver demência? Um novo artigo da revista Circulation examinou essa questão em sobreviventes 1 ano pós-IAM.

Para esse estudo de coorte, pesquisadores utilizaram registros médicos dinamarqueses para identificar pacientes com IAM (n = 314.911) e seus respectivos controles pareados por sexo, ano de nascimento, sem IAM (n = 1.573.193) entre 1980 e 2012. A mediana de idade dos participantes foi de 70 anos e 63% eram homens.

Após 35 anos de follow-up, a incidência cumulativa de todas as causas de demência na coorte de IAM foi de 9% (2,8% para Alzheimer, 1,6% para demência vascular e 4,5% para outros tipos). Em comparação com o grupo controle, o IAM não foi associado à demência por todas as causas (HR = 1,01; IC de 95%: 0,98 a 1,03); no entanto, foi associado com maior risco de demência vascular (HR = 1,35; IC de 95%: 1,28 a 1,43), que foi substancialmente reforçado para pacientes que tiveram AVC após o IAM (HR = 4,48; IC de 95%: 3,29 a 6,12).

Retinopatia pode aumentar risco de demência

Referências:

  • Higher Risk of Vascular Dementia in Myocardial Infarction Survivors. Jens Sundbøll, Erzsébet Hováth-Puhó, Kasper Adelborg, Morten Schmidt, Lars Pedersen, Hans Erik Bøtker, Victor W. Henderson, Henrik T. Sørensen. Circulation. 2017;CIRCULATIONAHA.117.029127. Originally published October 12, 2017. https://doi.org/10.1161/CIRCULATIONAHA.117.029127

Um comentário

  1. Elizabeth Caindio

    Era algo que nunca pensei, estou bastante feliz por receber estes artigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.