Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Clínica Médica / Últimos dias de inscrições nos cursos gratuitos à distância sobre prevenção da automutilação e do suicídio
Cursos à distância de Prevenção da Automutilação e de Prevenção ao Suicídio

Últimos dias de inscrições nos cursos gratuitos à distância sobre prevenção da automutilação e do suicídio

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

Os interessados nos cursos de ensino à distância de Prevenção da Automutilação e de Prevenção ao Suicídio, promovidos pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), tem até o dia 26 de outubro para realizar as inscrições no site prevencaoevida.com.br.

Os cursos fazem parte do I Ciclo de Promoção e Prevenção em Saúde das Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida lançado em setembro pelo Ministério da Saúde. Até o momento, já são mais de 51 mil inscritos.

Os módulos possuem carga horária de 20 e 40 horas. O site também reúne todo o conteúdo como os fascículos, cartilhas e as videoaulas. Todo o material é disponibilizado por módulos.

Veja também: PEBMED Summit 2020: Prevenção ao suicídio entre os idosos [vídeo]

O objetivo é qualificar profissionais de saúde, educadores da rede pública e particular de ensino, profissionais dos conselhos tutelares, estudantes universitários dos cursos de medicina/psiquiatria, psicologia, direito, serviço social, teologia e enfermagem; líderes de associações religiosas, líderes comunitários, entidades beneficentes e movimentos sociais ligados à criança e ao adolescente e ainda multiplicadores para a abordagem de crianças e adolescentes entre 11 e 18 anos.

Saiba mais sobre a iniciativa

O projeto Ações Integradas de Educomunicação para Prevenção ao Suicídio e da Automutilação promove a abordagem adequada aos temas de prevenção da automutilação e ao suicídio, de forma pedagógica e didática.

São utilizadas ferramentas de educomunicação que permitam a promoção e difusão das informações de forma sistemática para o público adolescente, por faixa etária, assim como o engajamento de profissionais de dos conselhos tutelares, educadores, profissionais de saúde, lideranças de movimentos sociais e religiosos.

As ações de formação e de mobilização utilizam estratégias com abordagens pedagógicas e didáticas para trabalharem o cotidiano de forma implicar na reflexão crítica das práticas profissionais e na transformação dos processos de trabalhos, facilitando o desenvolvimento da comunidade que o educando está inserido, pois estimula o diálogo e participação comunitária, possibilitando uma melhor leitura de realidade social.

Prosseguimento da campanha

No primeiro ciclo, as ações são voltadas à prevenção do suicídio e da automutilação. As atividades incluem cursos à distância, encontros, palestras e elaboração de materiais para ampliar o atendimento em saúde, a formação nas escolas e nas comunidades. A iniciativa é desenvolvida em parceria com os ministérios da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, da Educação e entidades como a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Nos próximos meses, as Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida também irão abordar mais três assuntos de forma inédita: prevenção da gravidez na adolescência, prevenção ao uso de drogas lícitas e ilícitas a ética da vida (relacionada à prevenção da violência contra crianças, mulheres e idosos). Assim como na prevenção ao suicídio e da automutilação, as outras temáticas também vão promover atividades educativas e itinerantes.

Ouça mais: Check-up Semanal: prevenção do suicídio, testes para Covid-19 e mais! [podcast]

O projeto Ações Integradas de Educomunicação para Prevenção ao Suicídio e da Automutilação é uma parceria entre a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e Organização Mundial da Saúde (OMS)

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autor(a):

Referências bibliográficas:

Um comentário

  1. Avatar
    Ricardoc Nogueira

    Bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.