Leia mais:
Leia mais:
Check-up Semanal: nova diretriz para TPV, probióticos na tolerância à APLV e mais! [podcast]
O manejo de fluidos guiado por ultrassonografia em pacientes com choque séptico
USG adjuvante para detecção de câncer de mama entre mulheres com densidade mamária variável
Quer trabalhar em consultório médico? Alliar oferece vagas para ultrassonografistas
ABRAMEDE 2021: Ultrassom na avaliação da volemia e na contratilidade cardíaca

USG é útil na monitoração de cateter central de inserção periférica?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Uma meta extremamente relevante em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) é a redução da exposição dos recém-nascidos (RN) à radiação. O monitoramento radiográfico de cateter venoso central de inserção periférica (Peripherally Inserted Central Catheters – PICCs) contribui muito para essa exposição.

Dados sobre exposição à radiação específica para PICC em RN não estão disponíveis. Há relatos, no entanto, de que RN com peso muito baixo ao nascer recebem uma média de 25 a 26 radiografias durante sua internação em UTIN.

Embora o significado em longo prazo dessa exposição à radiação seja incerto, faz sentido explorar modalidades práticas e seguras de geração de imagens alternativas para confirmar a posição do PICC. A ultrassonografia (USG) pode fornecer essa alternativa, caso realizada por um operador experiente. A USG tem a vantagem de evitar a radiação ionizante e pode ser usada como uma ferramenta prática para monitorar a posição do PICC à beira do leito.

Leia também: Saiba como é o uso do cateter nasal de alto fluxo na pediatria

recém-nascido em uti neonatal para inserção de cateter central

Monitorização do cateter central de inserção periférica

A colocação de PICC guiada por USG demonstrou diminuir as manipulações e radiografias para verificar a posição do cateter, mas o uso de USG para monitoramento contínuo de PICC ainda não foi amplamente explorado.

Dessa forma, com o objetivo de avaliar a viabilidade e a precisão da USG point-of-care (Point-Of-Care Ultrasound – POCUS) no monitoramento da posição do PICC em RN por médicos não radiologistas, Motz e colaboradores (2019) realizaram o estudo piloto intitulado Point-of-care ultrasound for peripherally inserted central catheter monitoring: a pilot study, publicado no Journal of Perinatal Medicine.

Metodologia

Motz e colaboradores (2019) conduziram um estudo de coorte prospectivo, comparando a localização da posição do PICC por USG em RN com uma radiografia recente. A USG foi realizada usando um protocolo padronizado com transdutores lineares de 13 a 6 MHz e 8 a 4 MHz por um fellow neonatal-perinatal cego para a localização do PICC na radiografia.

Resultados

  • Foram incluídos 30 RN; Destes, 96,6% (n = 29) eram prematuros, com 63,3% (n = 19) com peso inferior a 1500 g;
  • A idade gestacional média e o peso da população estudada foram 29,4 semanas [desvio padrão (DP) 4,6] e 1404,3 g (DP 907,3), respectivamente;
  • O operador de USG foi capaz de identificar o PICC em todos os exames. A localização do PICC por USG correlacionou-se com as radiografias de tórax, em relação ao mesmo vaso, em 94% dos exames;
  • A duração média da inserção do PICC foi de 18,9 dias (DP 13,8 dias);
  • O tamanho do PICC variou de 1,2 a 3,0 French;
  • O tempo de varredura dependeu da localização: 5 a 10 minutos para os PICC inseridos na extremidade inferior e 10 a 15 minutos para os PICC colocados na extremidade superior;
  • O protocolo apresentou sensibilidade de 0,97, especificidade de 0,66, valor preditivo positivo de 0,98 e valor preditivo negativo de 0,571.

Mais da autora: Pneumonia: prevenção em crianças com comprometimento neurológico

Conclusão

Os pesquisadores demonstraram que o POCUS realizado por um único operador pode ser viável e preciso na avaliação da localização do PICC. A generalização desses resultados é limitada pela abordagem de usuário único do POCUS, mas pode ser avaliada com maior abrangência em estudos futuros.

O treinamento necessário para uso da USG também precisa ser considerado. Todavia este estudo é um exemplo de apoio ao crescente uso de POCUS em UTIN.

Receba todas as atualizações em Pediatria! Inscreva-se aqui!

Autor:

Referência bibliográfica:

  • MOTZ, P. et al. Point-of-care ultrasound for peripherally inserted central catheter monitoring: a pilot study. J. Perinat. Med. 2019.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.