Uso de opioides aumenta risco de pneumonia adquirida na comunidade? - PEBMED

Uso de opioides aumenta risco de pneumonia adquirida na comunidade?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

A pneumonia adquirida na comunidade (PAC) é uma das doenças infecciosas mais comuns na emergência. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a pneumonia é um das maiores causa de morbimortalidade no mundo, e a estimativa é de que a PAC faça 1,6 milhão de vítimas fatais anualmente.

Os opioides são prescritos em casos de dores que não não facilmente amenizadas com analgésicos e, por vezes, são ministrados em pacientes na emergência. No entanto, o uso desses medicamentos pode aumentar o risco de infecção por pneumonia bacteriana adquirida na comunidade, principalmente em indivíduos imunossuprimidos.

pneumonia aspirativa

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

PAC x opioides

Um estudo de caso-controle aninhado analisou informações de um banco de dados com o objetivo de comprovar a relação entre os opioides com a PAC, de acordo com as propriedades dos medicamentos e o status do HIV. Os registros foram computados de 2000 até 2012 e os resultados da pesquisa foram divulgados no periódico Jama Network em janeiro de 2019.

Leia mais:  Pneumonia adquirida na comunidade: atualização para a prática clínica

O levantamento selecionou 25.392 participantes (com e sem HIV), 98%,9 eram homens com idade média de 55 anos. Pacientes com PAC (n=4246) que precisavam de hospitalização foram comparados na proporção 1:5 com indivíduos sem PAC (n=21 146) e ajustados de acordo com idade, gênero, etnia, tempo de tratamento e status do HIV (em casos em que havia presença do vírus)

Resultados

O risco de pneumonia adquirida na comunidade foi consideravelmente maior entre os que estavam sob prescrição de opioides, especialmente naqueles com efeitos imunossupressores. A odds ratio ajustada nos pacientes que tomaram doses médias de opioides sem efeitos imunossupressores ou com propriedades desconhecidas foi de 1,35 (IC 95% [1,13-1,62]); o risco dos opioides com propriedades imunossupressoras comprovadas foi de 2,07 (IC 95%[1,50-2,86).

A doses maiores de opioides apresentaram um risco ainda maior para a PAC, os sem efeitos imunossupressores o risco (AOR) foi de 2,07 (IC 95% [1,50-2,86]), os opioides com propriedades imunossupressoras apresentaram risco de 3,18 (IC 95%[2,44-4,14]).

Nos pacientes que não receberam prescrição para opioides, o risco foi de 1,24 [IC 95% [1,09-1,40])

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

Referências:

  • Edelman EJ, Gordon KS, Crothers K, et al. Association of Prescribed Opioids With Increased Risk of Community-Acquired Pneumonia Among Patients With and Without HIV. JAMA Intern Med. Published online January 07, 2019. doi:10.1001/jamainternmed.2018.6101

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar