Leia mais:
Leia mais:
A associação covid-19 e diabetes mellitus gestacional aumenta o risco de desfechos desfavoráveis
Identificada em São Paulo subvariante inédita da covid-19
ATS 2022: Diretrizes para pesquisa de agentes virais não influenza em PAC
Doação de leite humano é impactada negativamente pela Covid-19, segundo estudo
Hepatite: Existe risco pós-vacina contra covid-19?

Uso emergencial do medicamento Paxlovid contra a Covid-19 é aprovado no Brasil

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial, em caráter experimental, do medicamento Paxlovid (nirmatrelvir + ritonavir) para o tratamento da Covid-19. Estudos indicam que o fármaco reduz em 89% o risco de hospitalização ou óbito em adultos vulneráveis.

O nirmatrelvir é um novo remédio desenvolvido pela Pfizer-BioNTech. E o ritonavir já era utilizado no tratamento do HIV/AIDS. Os dois atuam em conjunto bloqueando uma enzima que o vírus precisa para se replicar no organismo.
O remédio é indicado para o tratamento em adultos que não necessitam de oxigênio suplementar e apresentam risco aumentado de progressão para o tipo mais grave da doença.

O medicamento já possui aprovação para o uso emergencial nos Estados Unidos, Canadá, China, Japão, Austrália, e países do Reino Unido e da Europa. O pedido de uso emergencial foi apresentado pela empresa Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda./Pfizer, no dia 15 de fevereiro.

De acordo com a diretora da Anvisa, Meiruze Freitas, relatora do processo, foram avaliadas todas as evidências científicas disponíveis e equilibrados cuidadosamente os riscos com os respectivos benefícios, conhecidos ou potenciais desse fármaco.

“O mundo inteiro aguarda com esperança e urgência por terapias efetivas, de fácil acesso e que permitam o amplo tratamento da Covid-19. O corporativismo da Anvisa é o compromisso com a proteção da saúde pública. Todos os processos de medicamentos e vacinas contra a Covid-19 submetidos à Agência foram exaustivamente avaliados por uma equipe multidisciplinar de servidores públicos que empenharam todos os seus esforços para que, no Brasil, fosse dado acesso a diferentes vacinas e tratamentos”, ressaltou a diretora.

Paxlovid

Limitações de uso do Paxlovid

O uso do Paxlovid não está autorizado para os seguintes casos:

  • Início de tratamento em pacientes que requerem hospitalização devido a manifestações graves ou críticas da Covid-19;
  • Profilaxia pré ou pós-exposição para a prevenção da infecção pelo novo coronavírus;
  • Uso contínuo por mais de cinco dias;
  • Como não há dados do seu uso em gestantes, recomenda-se que seja evitada a gravidez durante o tratamento com o referido medicamento e, como medida preventiva, até sete dias após o término do tratamento.
  • Não é recomendada a sua utilização em pacientes com insuficiência renal grave ou com falha renal, uma vez que a dose para esse público ainda não foi definida.

Leia também: Medicamentos contra a covid-19 estão aprovados no Brasil, mas fora do SUS

Avaliação técnica 

A equipe técnica da Anvisa determinou a realização de uma carta aos profissionais de saúde para orientação sobre o uso do Paxlovid simultaneamente com outros remédios e dos cuidados necessários.

Também foi requisitado que a empresa responsável pelo medicamento disponibilize informações sobre o uso do produto no Brasil para monitorar a sua aplicação e eventuais eventos adversos.

“Incluímos o compromisso de apresentar relatórios de estudos clínicos e não-clínicos e informar trimestralmente a situação regulatória em outros países”, disse o gerente geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa, Gustavo Mendes.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED 

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
# Anvisa aprova uso emergencial do medicamento Paxlovid para Covid-19. Anvisa. Disponível em: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2022/anvisa-aprova-uso-emergencial-do-medicamento-paxlovid-para-covid-19
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.