Página Principal > Residência Médica > 5 dicas para conciliar carreira e qualidade de vida com êxito
medico

5 dicas para conciliar carreira e qualidade de vida com êxito

Tempo de leitura: 3 minutos.

Situações de estresse, plantões e cargas horárias desgastantes fazem parte da rotina de muitos profissionais de saúde. Por isso, é comum encontrar quem tenha mergulhado no trabalho e se esquecido de cuidar de si mesmo. Este desequilíbrio é extremamente prejudicial, afinal, chega o momento em que a saúde cobra os abusos.

É fundamental organizar a rotina, definindo objetivos e prioridades, para dar conta de tudo e percorrer o dia a dia sem maiores problemas. A seguir, especialistas ensinam maneiras de lidar com a correria, sem penalizar a qualidade de vida ou prejudicar a carreira.

1) Lide com os desafios da área da saúde

Profissionais dessa área têm uma série de particularidades quando o assunto é qualidade de vida. Para Neemias Temoteo, psicoterapeuta cognitivo-comportamental do Instituto de Desenvolvimento Emocional e Aperfeiçoamento Humano (IDEAH), o segredo é aproveitar cada instante livre, gerenciando o tempo da melhor forma possível.

“Usar o tempo entre um plantão e outro para fazer atividades, relaxar, sair com amigos ou fazer práticas que goste são excelentes dicas para manter a saúde em geral. É muito importante analisar qual o tempo que está sendo dedicado a cada papel da sua vida, e o que pode fazer para buscar o equilíbrio e qualidade de vida no dia a dia”, Temoteo.

2) Defina prioridades

Quando elas não estão muito claras na cabeça, você acaba seguindo uma rotina que não condiz com suas crenças, valores e, por fim, com quem você é. Com isso, é quase inevitável ter aquele sentimento de frustração e insatisfação.

As prioridades são delimitadas por uma hierarquia de critérios, ou seja, o que julgamos importante na nossa vida – conscientemente ou não. “Estabeleça primeiramente seus critérios e tudo aquilo que dá valor e, em seguida, faça sua agenda de prioridades. Pergunte-se: ‘o que é importante na minha vida hoje?’”, recomenda Alexandre Bortolleto, Trainer e Master Pratictioner da Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística (SBPNL).

3) Estabeleça metas

Existe um ditado popular que diz que “para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve”. Essa frase é válida não apenas para o futuro, mas também para decisões cotidianas.

As metas permitem que gerenciemos o futuro de maneira mais eficiente. “Saber quais são as suas metas te fará ter mais facilidade e assertividade nas tomadas de decisões diárias, identificando de maneira mais rápida e clara o que deve dizer ‘sim’ e o que deve dizer ‘não’. Os resultados são muito melhores e com menos esforços”, orienta Temoteo.

4) Mantenha as áreas da sua vida em harmonia

“A dicotomia ‘vida pessoal e vida profissional’ é meramente didática. Somos uma única pessoa e podemos nos cuidar melhor desta maneira”, afirma Bortolleto. Ou seja, por mais que se fale amplamente entre a separação entre essas esferas, é preciso ter consciência de que você é apenas um ser e, como tal, precisa lidar com diversas áreas da sua vida.

Por mais que a carreira tome maior tempo de dedicação, é possível focar em atuar em atividades que nos tornam pessoas melhores. Temoteo ensina um exercício: escreva em uma folha as áreas da sua vida, como saúde, profissão, estudos, espiritualidade, relacionamentos, lazer e o que mais fizer parte da sua vida. Agora, dê uma nota de 0 à 10 a cada aspecto de acordo com a sua satisfação nessa área e poderá perceber em quais áreas você está investindo mais e quais são as áreas que estão precisando da sua atenção.

“Quanto maior a nota, mais investimento de tempo e energia essa área está tendo. Notas menores demandam atenção e mudanças. Com essa nova percepção, você já pode começar a mudar algumas tarefas e atividades para equilibrar as notas entre os aspectos que você avaliou.”

5) Saiba o momento de relaxar

Falar é mais fácil do que fazer, mas este é um exercício diário essencial – e demanda menos tempo do que parece. “Com apenas um minuto de respiração profunda, você já sentirá mais relaxado e centrado. Isso pode ser feito em qualquer lugar e em qualquer momento. Criar o hábito de relaxar e focar na sua respiração criará automaticamente um antídoto para o estresse diário”, ensina Bortolleto.

Além destes pequenos momentos de alívio, é indicado dedicar brechas na rotina para atividades que tomem mais tempo. Você é responsável por determinar quais atividades serão essas, uma vez que cada um tem necessidades e gostos diferentes.

“Fazer alguma atividade física que gosta e se sente bem, caminhadas ouvindo músicas, ler ao ar livre, aquela conversa com amigos, e, sempre que possível, um bom cochilo após o almoço são boas dicas, assim como viagens periódicas com a família ou até mesmo só, se preferir”, finaliza Temoteo.

Quer diagnosticar a sua vida financeira, planejar e traçar metas e garantir mais segurança para o seu futuro? Clique aqui e baixe grátis esse e-book exclusivo para médicos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.