Leia mais:
Leia mais:
Como as equipes de Saúde da Família podem atuar em desastres ambientais?
Ministério da Saúde lança projeto para fortalecer atendimento em situações de urgência, emergência e catástrofes
Desastres naturais e não naturais: ações de enfermagem na atenção primária à saúde
Como realizar a identificação humana em cadáveres desconhecidos e situações de desastre?

O que a situação de Petrópolis pode nos ensinar?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A saúde mental tem sido um tema de interesse da sociedade, principalmente pelo aumento do adoecimento psíquico em todo mundo. Muitos são os motivos para a diminuição da saúde mental e o estabelecimento de doenças psíquicas, que vão desde a pandemia do covid-19, a tensão por uma guerra mundial e até alterações climáticas, provocadoras de desastres em diversas localidades do mundo. Esta última, poderia parecer algo um tanto distante, mas se materializa cada vez mais, gerando problemas irreparáveis para a sociedade. Enchentes em cidades baianas e capixabas, desastres em rodovias mineiras e principalmente o grande incidente visto em Petrópolis, trouxeram discussões sobre qual responsabilidade que temos em modificar a forma de viver e de como o Estado e sociedade deve se preparar para as destruições causadas por esses eventos.

Leia também: Como realizar a identificação humana em cadáveres desconhecidos e situações de desastre?

A saúde mental frente a tragédia

Impacto mental

Um problema grave que vem sendo apontado pela organização mundial de saúde, se refere a saúde mental das pessoas que passam por eventos conflitantes, como a que vimos em Petrópolis. Precisamos apontar saídas para que os profissionais de saúde e a rede local de atenção à saúde, tenham preparado um plano para o cuidado da saúde mental de vítimas desses problemas, que cada vez mais, se tornam repetidamente comum. Imagens fortes de uma chuva que chegou a 260 mm em apenas algumas horas, causaram uma grande destruição no município de Petrópolis. Rapidamente imagens começaram a chegar por meios de comunicação e até o momento registra-se 231 pessoas mortas e 5 são o número de desaparecidos. As autoridades trabalham incessantemente desde o desastre. Bombeiros e defesa civil atuam desde o acontecimento, mas os desastres na cidade foram graves. Mais com toda certeza a maior gravidade se centra na perda, na dor e nos momentos de tensão e medo dessa população.

Saiba mais: Reflexões iniciais sobre psicologia das emergências e catástrofes

Após o acontecimento fica a dor da perda, a desestrutura social e econômica, traumas que podem estabelecer adoecimento psíquico na população e um sentimento de vazio por aqueles que se foram. Para que possamos contribuir com o processo de cuidado a essa população e na criação de medidas que possam ser desempenhadas por profissionais de saúde, frente a situações dessa natureza, vamos levantar algumas medidas cabíveis para o desenvolvimento de ações, principalmente para profissionais da rede básica de saúde que é sem dúvida nenhuma a maior porta de entrada do serviço de saúde e se encontra mais próximo a comunidade. Desta forma, frente a eventos como os que vimos em Petrópolis, as unidades de saúde e os profissionais da saúde podem se organizar e realizar as seguintes ações:

  • Acolher a comunidade e entender quais são os principais problemas encontrados, criando assim vínculo para o cuidado dessas pessoas;
  • Fazer uma triagem com pessoas que possuem necessidades emergenciais de cuidado, observando então:
    • Pessoas que vivem em áreas de risco;
    • Pessoas que viveram a tragédia e tiveram perdas irreparáveis;
    • Pessoas que perderam seus entes queridos;
    • Pessoas que ficaram feridas e/ou perderam seus bens;
    • Pessoas que vivenciaram momentos de tensão e dor;
  • Criar grupos de compartilhamento de experiências e emoções;
  • Construir plano sistematizado de assistência social, observando os existentes destinados a este fim;
  • Avaliar a saúde da população no território que houve a situação de desastre ou calamidade;
  • Avaliar a destruição deixada pelo desastre e contribuir com conhecimento em saúde, no sentido de avaliar riscos para a saúde;
  • Realizar consultas e criar plano terapêutico singular para pessoas afetadas.

Mensagem final

Lembre-se que o primeiro passo, sempre será o acolhimento e a constituição de vínculo. É importante que cada território seja avaliado de maneira específica e que as ações iniciem o mais rápido possível. No entanto, torna-se necessário assegurar a segurança da equipe de saúde que deve estar sempre em acordo com a defesa civil e corpo de bombeiros. Além disso, devemos ainda prevenir novos desastres com medidas mais efetivas que devem ser discutidas com vários profissionais da rede.

Referências bibliográficas:

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.