Leia mais:
Leia mais:
Açaí contaminado: Trypanosoma cruzi é encontrado em 10% das amostras no RJ e PA

Açaí contaminado: Trypanosoma cruzi é encontrado em 10% das amostras no RJ e PA

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

O açaí é um alimento bastante consumido, principalmente em regiões de clima quente como Nordeste e Sudeste. Porém, o seu consumo pode estar associado à transmissão da Doença de Chagas por via oral. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou essa semana dados que podem servir de alerta sobre sobre a necessidade de reforço das boas práticas de higiene dos produtos derivados da fruta.

A análise da Fiocruz foi publicada no Parasites and Vectors e tinha como objetivo padronizar a técnica de PCR, capaz de detectar a presença do material genético do parasita causador da doença de Chagas em alimentos à base de açaí. O método pode contribuir para a investigação dos casos de transmissão por via oral, que atualmente representam quase 70% dos registros de infecção aguda no Brasil.

Leia mais: Febre Amarela no Brasil: boletim da Sociedade Brasileira de Infectologia

Foram analisadas 140 amostras de alimentos à base de açaí coletadas em feiras e supermercados do Pará (2010 a 2015) e do Rio de Janeiro (2010 a 2012). A presença do material genético do parasita Trypanosoma cruzi foi detectada em 14 produtos (10% do total das amostras). O DNA do triatomínio, inseto que transmite o parasita, também foi identificado em uma das amostras.

É importante destacar que o método utilizado identifica o material genético do Trypanosoma cruzi nos alimentos, o que não implica necessariamente em risco de transmissão da doença, pois não é possível afirmar que os parasitas estavam vivos, com potencial de causar infecção. Porém, o achado é suficiente para acender um alerta sobre a necessidade de reforço das boas práticas de higiene com o açaí, já que indica que as amostras foram contaminadas pelo parasita presente em fezes do inseto transmissor ou, até mesmo, por dejetos de animais silvestres. Sendo assim, fica evidente que houve falhas no processo de produção que podem levar à transmissão da doença de Chagas.

É médico e também quer ser colunista do Portal da PEBMED? Inscreva-se aqui!

Autor:

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar