Anestésicos influenciam na cognição do paciente a longo prazo?

Um artigo do Expert Opinion on Drug Safety analisou os resultados de estudos sobre a segurança dos anestésicos em relação à neurotoxicidade a longo prazo.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Um artigo do Expert Opinion on Drug Safety analisou os resultados de estudos sobre a segurança dos anestésicos em relação à neurotoxicidade a longo prazo, com foco nas disfunções cognitivas pós-operatórias, doença de Alzheimer e demências, desenvolvimento de cérebro, depressão pós-operatória e transtorno do espectro autista.

As conclusões dos autores foram:

  • O declínio das funções cognitivas e os problemas temporários de memória, que ocorrem após uma cirurgia com uso de anestesia, podem persistir por dias a meses e, em alguns casos, por mais tempo.
  • Existe uma possível ligação entre anestesia geral e mudanças induzidas em moléculas envolvidas na patogênese da doença de Alzheimer.
  • A exposição de crianças de até 3 anos à anestesia geral pode afetar o desenvolvimento do sistema nervoso central, resultando em deficiências cognitivas e comportamentais duradouras, como déficits na aprendizagem e memória.
  • Nos últimos anos, os cientistas também levantaram a hipótese de um potencial papel da anestesia geral no desenvolvimento de depressão pós-operatória e transtorno do espectro autista.
  • A ativação neuroinflamatória por cirurgia e anestesia pode ser um fator chave na patogênese da neurotoxicidade.
  • A exposição à anestesia geral é potencialmente prejudicial para o cérebro humano e os consequentes déficits cognitivos a longo prazo devem ser classificados como uma patologia iatrogênica e considerados um problema de saúde pública.

Em dezembro de 2016, a U.S. Food and Drug Administration (FDA) lançou uma nota para profissionais de saúde e pais alertando sobre os riscos do uso de anestésicos e sedativos em crianças abaixo de 3 anos de idade e em gestantes no terceiro trimestre de gestação.

Referências:

  • Vincenzo Fodale, Vincenzo F. Tripodi, Olivia Penna, Fausto Famà, Francesco Squadrito, Epifanio Mondello & Antonio David (2017): An update on anesthetics and impact on the brain, Expert Opinion on Drug Safety, DOI: 10.1080/14740338.2017.1351539
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades