Leia mais:
Leia mais:
Check-up Semanal: interrupção no antidepressivo, supressão hormonal pós endometriose e mais!
Diarreia associada ao uso de antibióticos
Check-up Semanal: aumento de influenza no sudeste brasileiro, saúde cardiovascular e mais! [podcast]
A diverticulite aguda leve pode ser tratada ambulatorialmente e sem antibióticos?
Programas de stewardship de antibióticos na UTI

Antibióticos desnecessários em crianças e suas consequências

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

Cerca de 1/3 das prescrições de antibióticos pediátricos, medicamento mais comumente prescrito para crianças, é considerada desnecessária. Em novo artigo do Journal of the Pediatric Infectious Diseases Society, pesquisadores americanos analisaram dados nacionais sobre visitas à emergência por danos relacionados a antibióticos.

Através desses dados, os autores do estudo estimaram 69.464 visitas à emergência por ano para eventos adversos a antibióticos em jovens com idade ≤19 anos de 2011 a 2015. Esse número representa 46,2% das visitas totais à emergência para reações adversas aos antibióticos.

medicamento

Crianças na emergência

No total, 40,7% das visitas à emergência envolveram uma criança com idade ≤2 anos e 86,1% envolveram uma reação alérgica. Amoxicilina foi o antibiótico mais comumente prescrito entre as crianças com idade ≤9 anos.

As taxas de visitas à emergência para reações adversas aos antibióticos diminuíram com o aumento da idade para todos os antibióticos, exceto o sulfametoxazol-trimetoprima. Este resultou na maior taxa entre crianças de 10 a 19 anos (24,2 visitas por 10.000 prescrições).

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que os eventos adversos relacionados ao uso de antibióticos levam a muitas visitas à emergência, principalmente entre crianças pequenas.

LEIA MAIS: Uso de antiácidos e antibióticos na infância aumenta risco de alergias no futuro?

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Maribeth C Lovegrove, Andrew I Geller, Katherine E Fleming-Dutra, Nadine Shehab, Mathew R P Sapiano, Daniel S Budnitz; US Emergency Department Visits for Adverse Drug Events From Antibiotics in Children, 2011–2015, Journal of the Pediatric Infectious Diseases Society || https://doi.org/10.1093/jpids/piy066
Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    2 comentários

    1. JOEDYSON ALEXANDRE BARBOSA _

      Excelente matéria! Alguns antibióticos estão sendo utilizados de maneira desnecessária, trabalho em uma UPA e infelizmente é comum perceber a quantidade de genitoras que já chegam alegando uso de antibióticos por conta própria, e em alguns casos ainda fazem troca terapêutica por conta própria. Obrigado pela matéria!

    2. Zilvan Oliveira marreiros

      Muito boa essa informação

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.