Leia mais:
Leia mais:
Quiz: Mulher com dores articulares e deformidades nos dedos das mãos. Qual o diagnóstico?
Artrite psoriásica: brodalumabe pode auxiliar no tratamento?
Pacientes em uso de baixas doses metotrexato devem fazer rastreio para tuberculose latente?
Artrite reumatoide: Qual o impacto do MTX no desenvolvimento de doença intersticial pulmonar?
Emapalumabe na síndrome de ativação macrofágica por artrite idiopática juvenil

Artrite reumatoide: pausa no metotrexato pode melhorar resposta à vacina contra influenza

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

No encontro anual da American College of Rheumatology, pesquisadores apresentaram evidências indicando que uma pausa de duas semanas no metotrexato (MTX) pode melhorar a resposta à vacina contra influenza em pacientes com artrite reumatoide.

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores realizaram um estudo randomizado durante a temporada de pico de influenza entre 2016 e 2017. Trezentos e vinte pacientes com artrite reumatoide em dose estável de metotrexato foram randomizados para pausa durante duas semanas ou sequência no tratamento.

Veja também: ‘Você sabe diagnosticar a artrite reumatoide?’

Os anticorpos foram medidos no baseline e quatro semanas após a vacinação contra influenza.

O desfecho primário analisado foi a proporção de pacientes com resposta satisfatória à vacina (pelo menos, duas das quatro cepas). O objetivo foi alcançado por 75,5% dos participantes que interromperam o uso de MTX por duas semanas versus 54,5% das que continuaram com o MTX (p <0,001).

Para os pesquisadores, esses resultados agora precisam ser validados em estudos maiores.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar