Caio Cesar Bianchi de Castro

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ⦁ Cirurgia Geral no Hospital Adventista Silvestre (RJ) ⦁ Cirurgia Torácica na Universidade de São Paulo (USP) ⦁ Residência de Transplante Pulmonar no Insituto do Coração (InCor, SP) ⦁ Membro Adjunto do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (ACBC) ⦁ Membro da Federación Latinoamericana de Cirugía (FELAC).      

Manejo de recorrências do pneumotórax espontâneo: terapia combinada como opção

O pneumotórax, com elevada incidência na população, tem como quesito de maior relevância no seu manejo a prevenção de recorrências.

Traumatismo craniano grave: direcionamento melhor da limitação terapêutica de suporte de vida?

O traumatismo craniano (TCE) configura uma importante lesão associada aos eventos traumáticos na rotina das unidades de emergência.

Novo teste rápido para diagnóstico da pancreatite aguda pode ser eficaz?

A pancreatite aguda corresponde a um importante diagnóstico diferencial dos quadros de abdome agudo no pronto-socorro diariamente.

Implicações a longo prazo de traqueostomia em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca

Traqueostomia é um dos procedimentos mais realizados em pacientes críticos (incluindo pacientes submetidos à cirurgia cardíaca) devido aos seus benefícios.

Tromboprofilaxia estendida após cirurgia torácica: existe consenso?

Tromboembolismo venoso (TEV) é uma importante complicação pós-operatória. Porém, ainda há pouco consenso quanto a melhor estratégia de profilaxia para ele.

Qual o papel de estratégias de cuidado centradas em idosos em cirurgias de emergência?

É notório o peso de especificidades da senilidade, em especial na morbimortalidade, em cirurgias de emergência em idosos. Por isso o tema é alvo de estudo.

Cuidados paliativos em cirurgias de risco elevado

A da integração de cuidados paliativos com as cirurgias, no planejamento e acompanhamento peroperatório, pode implicar em resultados promissores.

Pneumomediastino: uma breve revisão

Definido como a presença de ar na região mediastinal, o pneumomediastino ou enfisema mediastinal é raro e muitas vezes subdiagnosticado na prática médica.

Traqueostomia na pandemia pelo coronavírus: cuidados e recomendações internacionais

Uma estratégia prioritária no coronavírus é o controle da transmissão e prevenção de contaminação dos profissionais, que se expõem na traqueostomia.

E quando um paciente com coronavírus necessita de cirurgia?

Diante da pandemia atual da Covid-19, doença pelo novo coronavírus, surge o eventual questionamento: e se um paciente contaminado necessitar de cirurgia?

Entrar | Cadastrar