Rafael Duarte

M.D., PhD. ⦁ Médico ⦁ Microbiólogo ⦁ Professor Associado / Lab. Micobactérias, Depto. Microbiologia Médica, Instituto de Microbiologia Paulo de Góes, Centro de Ciências da Saúde - Universidade Federal do Rio de Janeiro

Riscos e benefícios da oxigenoterapia não invasiva no tratamento da Covid-19

Um dos pontos críticos da Covid-19 é que pode resultar na consequente necessidade emergencial de oxigenoterapia.

Início e Desfecho do Tratamento da ILTB em migrantes

A infecção latente por Mycobacterium tuberculosis (ILTB) consiste em uma das infecções mais prevalentes em todo o mundo.

Fatores de risco associados à Trombose Venosa Profunda na Síndrome pós-Covid-19

A coagulopatia induzida pela síndrome Covid-19, associada à infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2, é descrita desde o início da pandemia.

Proporção de assintomáticos entre infectados com SARS-CoV-2: Revisão sistemática e meta-análise

De forma a avaliar a percentagem de infecções assintomáticas por SARS-CoV-2, foi conduzida uma ampla revisão sistemática e meta-análise.

Novas características clínicas na síndrome Covid-19 nas infecções pela variante Ômicron

O mundo entrou em alerta sobre os riscos para a população mundial frente ao surgimento de variantes do coronavírus e a síndrome Covid-19.

Novidades em Antibióticos (2017 a 2020)

As estratégias para controle da resistência a antibióticos incluem o uso racional de antimicrobianos e o desenvolvimento de novidades.

O uso de rivaroxabana na tromboprofilaxia pós-Covid-19

Estudo buscou esclarecer a hipótese de uso de rivaroxabana como efeito benéfico na tromboprofilaxia após hospitalização para Covid-19.

Dúvidas sobre a vacinação anti-Covid-19 em crianças — um paralelo com o combate ao sarampo

Artigo traça um paralelo dos questionamentos atuais quanto a vacinação anti-Covid-19 em crianças com o histórico combate ao sarampo.

Atualizações sobre a Fosfomicina — muitos usam e poucos a conhecem

Fosfomicina é antimicrobiano de amplo espectro de ação e consiste em produto das bactérias Streptomyces fradiae e Pseudomonas syringae.

O efeito Antibody-dependent enhancement (ADE) na vacinação anti-Covid-19: é possível?

O Antibody-dependent enhancement (ADE) é possível em infecções virais e levaram ao encerramento dos ensaios clínicos com propostas vacinais.