Vera Lucia Angelo Andrade

Graduação em Medicina pela UFMG em 1989 • Residência em Clínica Médica/Patologia Clínica pelo Hospital Sarah Kubistchek • Gastroenterologista pela Federação Brasileira de Gastroenterologia • Especialista em Doenças Funcionais e Manometria pelo Hospital Israelita Albert Einstein • Mestre e Doutora em Patologia pela UFMG • Responsável pelo Setor de Motilidade da Clínica SEDIG BH desde 1995 • http://lattes.cnpq.br/0589625731703512

Alergia alfa-gal e anafilaxia tardia a carne vermelha: que síndrome é essa?

A síndrome alfa galactose ou síndrome alfa-gal, é uma entidade patológica pouco conhecida pela sociedade médica. Saiba mais.

Existe vantagem de probiótico multicepas x cepa única?

Será que quanto mais cepas em uma mesma formulação de probiótico, melhor seria a eficácia terapêutica ou as cepas podem competir entre si?

Enteropatia (doença celíaca like) induzida por olmesartana

Enteropatia é uma doença do intestino caracterizada pela má absorção de água e nutrientes, podendo ter origem, entre outras, medicamentosa.

Gastroparesia por canabinoides: o que já se sabe sobre essa síndrome?

Gastroparesia é uma síndrome de retardo do esvaziamento gástrico na ausência de obstrução mecânica, gerando retenção do conteúdo gástrico.

Efetividade da osteopatia na constipação refratária por ptose do cólon transverso

Constipação é uma condição caracterizada pela dificuldade em evacuar, seja pela passagem das fezes, baixa frequência de evacuações ou ambos. 

Como escolher a CEPA probiótica ideal para a manutenção da saúde gastrointestinal?

A escolha da cepa probiótica deve se basear no tipo de doença do trato gastrointestinal e local de residência do paciente.

Como os probióticos tópicos podem auxiliar no tratamento dermatológico?

Os trabalhos que relatam o uso tópico de probióticos em doenças dermatológicas, como acne e dermatite atópica, ainda são incipientes.

Síndrome de hiperêmese por canabinoides: como diferenciar do vômito cíclico?

A síndrome de hiperêmese por canabinoides é caracterizada por náusea e vômitos recorrentes associados ao uso crônico de cannabis.

Síndrome látex-fruta, como diagnosticar e tratar?

A síndrome látex-fruta possui relevância clínica e, embora tenha sido reportada pela primeira vez em 1991, ainda é pouca diagnosticada.

Como o uso de probióticos pode auxiliar na prevenção de vaginose bacteriana recorrente?

A vaginose bacteriana ocorre em cerca de 70% das mulheres em idade reprodutiva, causada, em geral, por um desequilíbrio da microbiota vaginal.

Entrar | Cadastrar