Leia mais:
Leia mais:
Caso clínico: Casal sorodiscordante com desejo de engravidar – Parte II
Caso clínico: Casal sorodiscordante com desejo de engravidar – Parte I
Ensaio clínico avalia eficácia de vacina contra HIV [vídeo]
A saúde mental da gestante que vive com HIV
APS na prevenção à infecção pelo HIV [vídeo]

A importância da campanha Dezembro Vermelho

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica.

Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Dezembro Vermelho é uma campanha nacional instituída pela lei nº 13.504/2017, que promove a prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com HIV/AIDS e outras infecções sexualmente transmissíveis.

Em 1988, a OMS instituiu como data simbólica de conscientização para todos os povos sobre a pandemia de AIDS o dia 1º de dezembro. 

“Essa campanha é de total importância por ser uma oportunidade para apoiarmos as pessoas envolvidas na luta contra o HIV e, também, para atuarmos na melhora da compreensão dessa infecção como um problema de saúde pública global”, destaca a infectologista e conteudista do Whitebook, Dra. Raíssa Perlingeiro. 

Em dezembro de 2020, foi divulgado pelo Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis do Ministério da Saúde, que, atualmente, cerca de 920 mil pessoas vivem com HIV no Brasil. Dessas, 89% foram diagnosticadas, 77% fazem tratamento com antirretroviral e 94% das pessoas em tratamento não transmitem o HIV por via sexual por terem atingido carga viral indetectável (intransmissível).

No Brasil, em 2019, foram diagnosticados 41.919 novos casos de HIV e 37.308 casos de AIDS. A maior concentração de casos de AIDS está entre os jovens, de 25 a 39 anos, de ambos os sexos, com 492,8 mil registros. Os casos nessa faixa etária correspondem a 52,4% no sexo masculino e 48,4% entre as mulheres.

A melhor técnica para evitar o HIV/AIDS é a prevenção combinada:

  • Profilaxia pós-exposição (PEP): Uso de medicamentos antirretrovirais por pessoas após terem tido um possível contato com o vírus HIV;
  • Profilaxia pré-exposição (PrEP): Uso preventivo de medicamentos antes da exposição ao vírus do HIV, reduzindo a probabilidade da pessoa se infectar.

Campanha Dezembro Vermelho: prevenção ao HIV/AIDS

Medicações no Brasil

Desde 1996, o Brasil distribui gratuitamente pelo SUS todos os medicamentos ARV e, desde 2013, o SUS garante tratamento para todas as pessoas vivendo com HIV (PVHIV), independentemente da carga viral.

A evolução do tratamento antirretroviral possibilitou transformar uma doença fatal em uma condição crônica controlável.

Na última semana, a Anvisa aprovou a liberação do medicamento Dovato (lamivudina + dolutegravir) que pode ser usado como regime completo para tratamento do HIV em adultos e adolescentes maiores de 12 anos e pesando mais de 40 kg, sem histórico de tratamento prévio ou em substituição ao regime de tratamento atual em pessoas com supressão virológica.

Leia também: Aprovado novo tratamento para HIV no Brasil

A aprovação dessa medicação é um avanço, pois simplifica o esquema em um único comprimido diário, o que facilita o tratamento por melhorar a adesão.

Whitebook tem conteúdos sobre o tema para ajudar na tomada de decisão:

 Ouça o podcast do aplicativo médico número 1 do Brasil sobre exposição vertical ao HIV aqui!

 Coautora: Dra. Raíssa Perlingeiro, infectologista.

 Abraços,

 

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica.

Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.