Leia mais:
Leia mais:
Crise hipertensiva: como manejar o edema agudo de pulmão?
Exames de rotina em cardiologia: quais o generalista deve solicitar?
Quiz: Idoso com história de etilismo e coloração avermelhada nas mãos. Qual o diagnóstico?
Crise hipertensiva: urgência ou emergência? [podcast]
Quiz: Criança com manchas nas mãos após brincar na piscina. Qual o diagnóstico?

Crise hipertensiva: como manejar o edema agudo de pulmão?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica.

Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Uma hipertensão mal controlada pode acarretar vários problemas para uma pessoa e um deles é o edema agudo de pulmão. Neste post, vamos falar sobre o manejo e como o Whitebook pode te ajudar com os conteúdos relacionados ao tema.

Continue a leitura para saber mais!

O principal sintoma do edema agudo de pulmão hipertensivo é a dispneia por congestão pulmonar. O aumento da pós-carga gera hipertensão capilar pulmonar, causando transudação capilar e acúmulo de líquido nos alvéolos.

Outros sintomas:

  • Piora recente da ortopneia e dispneia paroxística noturna;
  • Dor ou desconforto torácico;
  • Palpitações;
  • Diaforese;
  • Tosse com expectoração rósea.

Identificado o edema agudo de pulmão, o tratamento deve girar em torno da redução da pós-carga com vasodilatadores. A redução do volume circulante com diuréticos também ajuda no tratamento.

Leia também: IM/ACP 2021: como manejar urgências e emergências hipertensivas?

É importante lembrar que o uso da morfina para vasodilatação e tranquilizar o paciente deve ser realizado apenas em quadros selecionados, pois as complicações da droga podem aumentar a mortalidade.

E quais são esses quadros selecionados? Pacientes muito ansiosos, com resposta inicial ruim ao tratamento ou que o quadro emocional seja um fator importante. Porém, isso não é uma regra. A mensagem mais importante é: evite a morfina.

Os conteúdos do aplicativo médico número 1 do Brasil te dão suporte na hora da decisão clínica. Veja, abaixo, alguns disponíveis sobre o tema:

Ouça o nosso podcast: Crise hipertensiva: urgência ou emergência?

E você, já se deparou com um paciente com edema agudo de pulmão hipertensivo? Conte para a gente como foi o manejo na caixa de comentários abaixo.

Coautor: Dr. Gabriel Quintino Lopes, clí­nico médico e cardiologista.

Abraços,

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica.

Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar