Consulta pública para atualização do tratamento de espondilite anquilosante no SUS

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Está aberta a consulta pública para a manifestação da sociedade em geral sobre a ampliação de medicamentos biológicos na primeira linha de tratamento de espondilite anquilosante (EA) no Sistema Único de Saúde (SUS). A proposta discute a ampliação de uso de secuquinumabe como primeira etapa de terapia biológica para o tratamento da doença em pacientes adultos. Quem quiser colaborar tem até o dia 17 de maio para enviar a sua participação.

Vale lembrar que a espondilite anquilosante é um tipo de artrite, uma inflamação nos ossos ou vértebras da coluna, que também pode atingir as articulações presentes na região das nádegas.

Pode ainda apresentar outros sintomas, como dor e/ou vermelhidão nos olhos, diarreias e cólicas sem motivo aparente, dor ou inchaço nas juntas e lesões na pele (a exemplo da psoríase). As dores e a rigidez causadas pela enfermidade são piores após o repouso (principalmente pela manhã) e melhoram com a prática de exercícios físicos.

Leia também: Por que jovens estão desenvolvendo problemas na coluna típicos dos mais velhos?

Consulta pública para atualização do tratamento de espondilite anquilosante no SUS

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Difícil diagnóstico

A doença pode ser de difícil diagnóstico para os médicos reumatologistas, uma vez que ainda não há um exame específico. Ademais, muitos indivíduos com espondilite anquilosante não sabem da sua condição e pensam que a dor está relacionada a algum tipo de tensão física nas costas, não costumando relacioná-la com a enfermidade. E, assim, contribuindo para a demora de um diagnóstico correto e precoce.

Quando não tratada adequadamente, a inflamação pode levar a uma fusão de algumas das vértebras, o que é chamado de anquilose. Essa fusão torna a coluna menos flexível e pode resultar em uma postura curvada para a frente e na perda da mobilidade. Se as costelas forem afetadas, a pessoa pode ter dificuldade para respirar profundamente, por exemplo.

Além de prejudicarem as articulações, as inflamações causam dores constantes e impactam na qualidade de vida dos pacientes, podendo gerar problemas psicológicos, como a ansiedade e a depressão.

Saiba mais: Quiz: dor recorrente na coluna dorsal – qual é a causa?

A espondilite anquilosante é mais comum no sexo masculino. Geralmente, os sinais e os sintomas começam no final da adolescência ou início da idade adulta (entre 17 e 35 anos de idade) e muitas vezes ocorrem em indivíduos da mesma família, uma vez que é causada pelo sistema imunológico do próprio organismo, sendo provável o envolvimento de fatores genéticos.

Manejo

Ainda não existe cura para a enfermidade, apenas tratamentos e remédios disponíveis para reduzir os sintomas e controlar a dor.

Atualmente, existem medicamentos que podem, inclusive, retardar a progressão da espondilite anquilosante, disponíveis para os brasileiros que possuem planos de saúde ou não.

No SUS, o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) da doença inclui o fornecimento de anti-inflamatórios e, quando em falta, medicamentos biológicos podem ser indicados para pacientes funcionando na inibição da proteína que provoca inflamação.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autor(a):

Referências bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar