Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Patrocinado / Controle financeiro: veja por que e como você deve fazer o seu!
mão de homem preenchendo planilha de controle financeiro

Controle financeiro: veja por que e como você deve fazer o seu!

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Controlar as finanças vai muito além de pagar suas dívidas ou conseguir economizar dinheiro.

O objetivo de ter um controle financeiro está, na verdade, em alcançar seus objetivos financeiros e ainda saber exatamente para onde o seu dinheiro está indo.

Portanto, um bom controle financeiro pode te ajudar a conseguir poupar, investir e principalmente, realizar os seus sonhos.

Há algum tempo, era bastante comum utilizar papéis e cadernos para realizar esse controle.

Entretanto, com o avanço da tecnologia, surgiram diversas ferramentas que podem auxiliar nessa gestão, de forma prática e muito mais intuitiva.

Um bom exemplo é o Mobills, o maior aplicativo de finanças pessoais do Brasil, que ajuda a realizar o controle financeiro por meio do seu smartphone.

De todo modo, para que você aprenda exatamente como controlar o seu dinheiro, e consiga atingir a tranquilidade financeira, preparamos esse artigo para lhe ajudar.

Confira o post até o final e, se gostar, deixe seu comentário e compartilhe com outras pessoas. Boa leitura!

O que é o Controle Financeiro Pessoal?

O controle financeiro pessoal é uma das práticas mais importantes para garantir o sucesso financeiro.

Essa prática consiste, basicamente, em registrar todas as entradas (receitas) e saídas (despesas) do seu capital.

Ao realizar esse registro um a um, é possível saber exatamente o que acontece com o seu dinheiro, de forma detalhada.

Por meio dessa estratégia, os problemas financeiros serão mais controlados, ou até deixarão de existir, caso o controle financeiro seja feito da forma correta.

Apesar de parecer simples, o controle financeiro possibilita a identificação de suas principais despesas, além de ajudar a entender quais dos seus gastos são desnecessários.

Dessa forma, o seu orçamento pessoal ficará saudável, e você conseguirá alcançar suas metas e objetivos financeiros sem grandes sacrifícios.

Por que você deve investir tempo no controle financeiro pessoal?

Pode parecer que não, mas quando o assunto é finanças pessoais, muitos brasileiros sequer sabem quanto ganham, e quanto gastam por mês. O que é bastante preocupante!

Isso significa, que o que é mais comum entre diversos trabalhadores é simplesmente pagar suas contas com o salário, e utilizar o restante do mês para contrair mais dívidas.

Se esse é o seu caso, você precisa mudar sua vida financeira o quanto antes. É justamente nesse momento que entra o controle financeiro.

Caso você tenha o interesse de alcançar a tranquilidade financeira, entenda que o gerenciamento financeiro é fundamental nesse processo.

Logo, para fazer as pazes com o seu dinheiro, conseguir poupar, investir e até mesmo alcançar seus sonhos, você precisa aprender a lidar com ele.

Com tempo e planejamento financeiro, você verá seu dinheiro render cada vez mais, porém, para isso, é fundamental ter um controle eficiente.

A ferramenta ideal para o controle financeiro

Boa parte das pessoas ainda optam por realizar o gerenciamento das suas finanças através de planilhas do Microsoft Excel, ou até mesmo em cadernetas em casa.

Contudo, existe uma forma mais moderna e prática de realizar esse controle, através dos aplicativos de controle financeiro que possuem integração com a web, permitindo que você consulte sua situação financeira a qualquer momento do dia.

Principalmente com o auxílio de uma dessas ferramentas, realizar o controle financeiro não é uma atividade tão difícil quanto parece, da mesma forma que é fácil perder o controle, caso você não tenha disciplina.

Por isso, para evitar erros, é essencial utilizar um gerenciador financeiro.

Nesse sentido, podemos citar o Mobills como uma ótima opção e que, com certeza, se destaca das demais disponíveis no mercado.

A plataforma conta com gráficos, facilidade para registrar despesas e receitas, possibilidade de incluir mais de uma conta, e até mesmo criar metas, sendo funções essenciais para que você possa substituir sua planilha ou caderneta por uma opção mais simples e eficiente.

Além do mais, ao fazer o seu controle financeiro pessoal dessa maneira, você ganhará mais tempo para focar em outras atividades que considera importantes na sua vida.

Leia também: Organização financeira para profissionais da saúde durante a crise

Como fazer o seu Controle Financeiro Pessoal

Acabamos de falar sobre a melhor ferramenta para fazer o seu controle financeiro.

No entanto, independentemente de qual meio você utilizará para gerenciar suas finanças, o importante é não deixar de realizar essa atividade.

Para facilitar esse processo, separamos 5 passos simples, para que você consiga colocar em prática a partir de agora. Veja quais são:

1. Registre todas as transações

O passo principal para realizar o controle financeiro, é registrar todos os seus gastos.

Afinal, não é possível ter controle de gastos se você não sabe com o que está gastando, não é mesmo?

Isso porque, assim como é impossível um médico passar um tratamento sem diagnóstico, não é possível reduzir gastos sem registrá-los.

Portanto, essa fase do planejamento financeiro consiste em um diagnóstico dos seus gastos.

O objetivo aqui, é saber exatamente para onde o seu dinheiro está indo, mas não deixe de registrar também seus ganhos mensais.

Aqui, vale ressaltar, que você deve levar em consideração a receita líquida, ou seja, após todos os descontos. Se não sabe a sua ao certo, use a calculadora do salário líquido.

Outro ponto importante é que essa etapa pode precisar de um tempo para ser finalizada.

O recomendado é que você registre todos os seus gastos durante um mês inteiro.

Desde gastos fixos, como financiamentos, aluguéis, até gastos pontuais, como uma reforma em casa, por exemplo.

2. Determine suas prioridades e onde poderá economizar

Após realizar o diagnóstico dos seus gastos, fica mais fácil de definir quais suas prioridades, e quais gastos podem ser cortados ou reduzidos.

Assim, você evita comprometer seu orçamento com gastos desnecessários e consegue economizar dinheiro.

Vale ressaltar que, durante o controle financeiro, é preciso se lembrar que nem sempre querer é poder.

Sendo assim, você precisa fazer três perguntas a si mesmo antes de realizar algum gasto, são elas:

  • Posso pagar?
  • Realmente preciso disso?
  • Não posso deixar para depois?

Essas perguntas vão lhe ajudar a entender a verdadeira importância daquele gasto que está sendo analisado.

Isso porque, muitas vezes, nossos desejos falam mais alto, entretanto, é importante aprender a controlá-los.

Logo, analise todos os seus gastos registrados, fazendo essas três perguntas para todos eles. E, em seguida, defina a importância de cada um deles.

Por mais que não pareça, a maior parte dos nossos gastos está concentrada em pequenos custos, como programas de streaming e assinaturas de planos.

3. Estabeleça suas metas e objetivos

Agora que você já definiu suas prioridades, e quais gastos devem ser cortados, é fundamental começar a estabelecer metas e objetivos financeiros.

Você pode iniciar esse passo definindo metas de gastos mensais para cada categoria de despesa, baseando-se no diagnóstico financeiro que foi realizado.

Caso ainda não possua um fundo de emergência, é interessante definir este como o seu primeiro objetivo financeiro.

Quando se sabe quais os gastos mensais, é possível saber exatamente quanto você consegue poupar por mês, e, consequentemente, em quanto tempo o seu objetivo financeiro deve ser alcançado.

Por isso, é importante que o controle de gastos se torne um hábito, para que você consiga acompanhar diariamente o andamento de suas metas e objetivos.

4. Aprenda a utilizar o cartão de crédito!

Muitas pessoas acreditam saber utilizar o cartão de crédito a seu favor, mas a verdade, é que essa ferramenta é uma das principais causas de endividamento no Brasil.

Isso porque, infelizmente, a grande maioria dos brasileiros enxergam o crédito do seu cartão como uma extensão da renda, e acabam prejudicando-se financeiramente.

Esse pensamento, atrelado a um planejamento financeiro falho, acaba resultando em sustos ao ver a fatura do cartão no fim do mês.

Por isso, evite realizar compras com diversas parcelas, e opte sempre que possível pelo pagamento à vista.

É claro que não é toda vida que isso será possível.

No entanto, ao optar por um parcelamento, verifique o quanto do seu orçamento ficará comprometido no próximo mês.

Além disso, é essencial ficar atento às taxas de juros, que podem ser bastante perigosas, principalmente no Brasil, onde os juros do cartão de crédito costumam ser abusivos!

5. Não deixe de ser planejar!

Depois de entender como fazer o seu controle financeiro, é importante não perder o hábito, e tornar essa prática algo constante.

Dessa maneira, sempre avalie o impacto de alguma compra no seu orçamento, especialmente as de valores elevados, como o financiamento de carro ou casa.

Ademais, acostume-se a pensar como ficará sua situação financeira no futuro, e evite focar apenas no momento.

Lembre-se que todo grande sonho só se conquista com um bom planejamento, e isso não é diferente ao se tratar de sonhos de consumo.

Controlar suas finanças não é fácil, mas é necessário ter disciplina e planejar-se!

Conclusão

Fazer o controle e o planejamento financeiro deveria ser uma atividade comum a todos.

Afinal, ninguém gosta de ser escravo do dinheiro, não é mesmo?

Além disso, é o sonho de qualquer pessoa poder passar o resto de sua vida sem se preocupar com dívidas.

Portanto, não se esqueça que todo esforço é válido, e nada cai do céu.

Por fim, se você gostou do conteúdo, e deseja aprender sobre finanças pessoais, recomendo que você acesse o portal Mobills Educação.

E não se esqueça, se quer ter sucesso financeiro, o melhor a se fazer é começar o seu controle e planejamento o quanto antes!

Autor:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.