Home / Coronavírus / Covid-19: A doença que mostrou o protagonismo da enfermagem

Covid-19: A doença que mostrou o protagonismo da enfermagem

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

A Organização Panamericana  da Saúde (OPAS) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) definem o ano de 2020 como o ano dos profissionais de enfermagem e obstetrizes. Um ano que começou com muito otimismo por parte dos profissionais de enfermagem, que há tanto tempo lutam por valorização profissional e finalmente havia um esforço coletivo e internacional para valorização da profissão que está presente desde a concepção até após a morte das pessoas.

Ainda em janeiro sabia-se de uma grave gripe, causada pelo novo coronavírus (Covid-19) que acometia a China, expandindo-se para a Europa, mas havia muita esperança que o clima mais quente do Brasil fosse suficiente para que esse vírus chegasse aqui e tivesse disseminação em larga escala.

No dia 26 de fevereiro é confirmado o primeiro caso de infecção pelo novo coronavírus no Brasil. No dia 11 de março foi confirmado o 52º casos de infecção pelo novo coronavírus, o que configura que a doença não é só importada, mas tem transmissão interna.

Um temor geral toma conta dos profissionais de saúde que começam a ver o vírus virando uma realidade no território brasileiro, onde os profissionais de saúde seriam os soldados que enfrentariam essa guerra. O temor tinha origem na incerteza de quantidades suficientes de equipamentos de proteção individual (EPI), insumos para enfrentamento da doença além do medo causado por enfrentar um inimigo até então pouco conhecido.

Ao longo dos 10 meses de enfrentamento da pandemia causada pelo novo coronavírus, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem precisaram enfrentar e aprender a lidar com diversas dificuldades: distanciamento de familiares para preservar a saúde deles, perda de colegas e familiares que morreram por causa da Covid-19, exaustivas jornadas de trabalho, uso de EPI por longos períodos, lesões por pressão causadas pelos EPI, acostumar-se com a morte sendo uma nova companheira dos plantões, muitas vezes presenciando a Covid-19 ceifando vidas de jovens e saudáveis entre muitos outros desafios.

Confira o Nursebook, app de tomada de decisão voltado especialmente para o enfermeiro!

enfermagem

Avanços na enfermagem

Tivemos também conquistas importantes, como a regulamentação de várias práticas avançadas de enfermagem, melhorias de estruturas de unidades de saúde e uma outra visão da sociedade sobre a profissão, exaltando o aspecto técnico e científico em detrimento da visão histórica da abnegação e solidariedade.

2020 começou sendo um ano que a enfermagem esperava ser valorizada, mas que nos 10 meses seguintes mostrou ao mundo o seu valor. Não queríamos que fosse assim, mas no ano da enfermagem, houve protagonismo e conquista de um espaço e papel social que não mais deve perder.

Nós da Pebmed e do Nursebook parabenizamos os guerreiros que deram o melhor de si, superaram seus limites e enfrentaram a pandemia na linha de frente. Homenageamos também aqueles que deram as suas vidas nessa guerra, vocês jamais serão esquecidos.

Autor(a):

Referências bibliográficas: 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.