Leia mais:
Leia mais:
Fórum de Sepse 2022: pulmão no ambulatório – qual a realidade de um paciente pós-alta de covid?
Fórum de Sepse 2022: uso de biomarcadores na covid-19 – prós e contras
Conheça a próxima etapa do estudo da Unicamp e USP sobre os efeitos da covid-19 no cérebro
Covid-19: Ministério da Saúde anuncia aplicação da quarta dose em pessoas a partir dos 80 anos
ISICEM 2022: há benefício na terapia antiplaquetária em pacientes críticos com covid-19?

Covid-19: Aglomerações nos estádios de futebol

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A vacinação avança no Brasil e o número de casos positivos para Covid-19, vem gradativamente diminuindo na medida que a imunização de rebanho se efetiva. Diversos estados atingiram 100% de adultos acima de 18 anos vacinados em relação a primeira dose, excluindo aqueles que de maneira reacionária a ciência ou por elementar política, negam se vacinar. O que acontece é que vemos o avanço da imunização e a queda dos dados de internação, e com isso, a vida vai voltando ao normal, assim como atividades coletivas. Uma das maiores paixões do brasileiro, o futebol, iniciou um processo visto por muitos como precipitado, iniciando partidas de futebol com público reduzido e agora, no final do campeonato brasileiro, pudemos constatar quase lotação máxima nos estádios de futebol, o que gerou diversas discussões.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu regras para a retomada das atividades desportivas e com o avanço da imunização, essas regras foram se modificando. No inicio, a presença do público era de até 30% e o protocolo permitia somente a entrada de pessoas que receberam a primeira e a segunda dose ou dose única. Além disso, era necessário teste antígeno RT-PCR de Covid-19 negativo com máximo de 72 horas de antecedência do jogo. Atualmente, apenas é necessário apresentar o esquema vacinal completo, que pode ser apresentado de forma impressa ou pelo aplicativo do Conecte SUS na maioria dos estádios de futebol, além disso, é obrigatório o uso de máscaras. No entanto, o que podemos ver nas telas da TV é o descumprimento do uso de máscara, na maioria dos estádios.

Leia também: Atuação da enfermagem desportiva em grandes eventos

futebol

Mas o que revela os estudos preliminares sobre a transmissão do Covid-19 nos estádios?

Sabemos que o futebol é além de um esporte uma atividade econômica que movimenta milhões de reais no Brasil. Assim como diversas atividades, seu retorno foi esperado por milhares e uma forte pressão política foi exercida para que tudo voltasse ao normal. Os estudos não foram efetivos e progressivos para que houvesse um contrapondo, para identificar o processo de infecção nestes locais, mas estudos anteriores provaram que em locais de aglomeração, há aumento do número de casos e infecção. No entanto, com avanço da vacinação, os estados constataram diminuição significativa em todos os coletivos estudados e em alguns locais do Brasil, vários dias fecharam sem nenhuma morte, dado este que dá esperança a população.

O protocolo de recomendações para retorno do público aos estádios competições da CBF em 2021 descreveu as seguintes regras para a liberação dos jogos de futebol no Brasil. Essas iniciativas se ligam à taxa de normalidade da doença que é uma pontuação que pode ser usada como um critério para o retorno e permanência, ou até para o fechamento em caso de necessidade. Essa pontuação considera seis parâmetros da pandemia no município:

  • Taxa de Incidência (casos novos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias)
  • Tendência da taxa de casos novos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias
  • Mortalidade por Covid-19 por 1.000.000 habitantes nos últimos 14 dias
  • Tendência da taxa de mortalidade por 1.000.000 habitantes nos últimos 14 dias
  • Letalidade de Covid-19 (global)
  • Percentual da população PLENAMENTE VACINADA contra SARS-CoV-2

Além disso, a vacinação que é instrumento obrigatório para a participação do evento, além de ser cientificamente comprovada a redução significativa da transmissão entre pessoas vacinadas. Inicialmente no final de agosto de 2019, a CBF, sob orientação de instituições de saúde, criou um critério de competição para viabilizar o retorno do público aos estádios de futebol, que deveriam ser sujeitos de aprovação pelos respectivos conselhos técnicos dos estados. O primeiro estado a flexibilizar a entrada de pessoas no estádio foi em Macapá, onde a partida contou com a presença de 300 torcedores, que acompanharam a final do Campeonato Amapaense de 2020. Nos últimos dias, a lotação máxima do estádio do Mineirão em Minas Gerais foi atingida, além da grande aglomeração na porta do estádio por conta da comemoração do Atlético Mineiro pelo título.

O risco de contágio nos estádios

Atualmente, as medidas pensadas em agosto pela CBF já foram totalmente modificadas, mas o número de casos de Covid-19 continua caindo em todo o Brasil com o avançar da vacinação. No entanto, o temor de novas variantes rondam a todos. Agora é a vez da variante ômicron. A variante africana. Um estudo produzido na África do Sul, revela que a variante ômicron do coronavírus deve ser objeto de preocupação pois revela fragilidade na imunidade adquirida por pessoas que já tiveram a doenças ou foram vacinadas frente da nova variante.

Até o momento, não temos informações exatas que possam estabelecer o comportamento da nova variante. O Grupo Técnico Consultivo sobre a Evolução do Vírus SARS-CoV-2 classificou a variante B.1.1.529 (ômicron) desse vírus como uma variante preocupante. Por isso, é necessário ficarmos todos atentos as medidas de segurança. Alguns estados que avançavam na flexibilização de eventos das festas de final de ano e carnaval, já voltaram atrás, com receio de que um novo aumento no número de casos possa acontecer.

Atualmente, já foi identificado, a variante ômicron no Brasil e o que temos que fazer? continuar as medidas de segurança, principalmente o uso de máscaras e evitar aglomerações, até que novas informações possam estabelecer o comportamento da variante ômicron.

Referências bibliográficas:

  • Schultz JC, et al. The FIFA World Cup: analyses and interpretations of the world’s biggest sporting spectacle. In: Shultz C, Benton R, Kravets O, Editors. Marketing as Provisioning Technology: integrating perspectives on solutions for sustainability, prosperity, and social justice. Proceedings of the 40th annual macromarketing conference. Chicago, IL, USA, Micromarketing Society: Laramie, WY, USA, 2015; pp. 303-305.
  • CBF. Protocolo de recomendações para retorno do público aos estádios competições CBF 2021. Edição 1, agosto, [Acessado 5 Dezembro 2021], 2021. Disponível em: https://conteudo.cbf.com.br/cdn/202108/20210816163644_25.pdf.
  • Côrte, Ana Carolina Ramos e et al. RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA NA COVID-19 PARA A REABERTURA DO CT DR. JOAQUIM GRAVA DO CORINTHIANS. Revista Brasileira de Medicina do Esporte [online]. 2020, v. 26, n. 5 [Acessado 5 Dezembro 2021] , pp. 382-385. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/1517-8692202026052019_0044>.
  • Who. Situação atual em relação à variante omicron. [Acessado 5 Dezembro 2021] 28 de novembro de 2021. Disponível em: https://www.who.int/es/news/item/28-11-2021-update-on-omicron.
  • Guan WJ, Ni ZY, Hu Y, Liang WH, Ou CQ, He JX, et al. Clinical Characteristics of Coronavirus Disease 2019 in China. N Engl J Med. 2020;382(18):1708-20.

 

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.