Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Colunistas / Covid-19: recomendações da Academia Americana de Pediatria sobre a reabertura de escolas
criança escrevendo em caderno na escola que reabriu após Covid-19

Covid-19: recomendações da Academia Americana de Pediatria sobre a reabertura de escolas

Acesse para ver o conteúdo

Inscreva-se gratuitamente para acessar esse conteúdo e muito mais no Portal PEBMED!

Tenha acesso ilimitado a quizzes, casos clínicos, novos estudos e diretrizes atualizadas.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

Em 05 de maio de 2020, a American Academy of Pediatrics (AAP) emitiu orientações sobre a reabertura de escolas, que fecharam devido à pandemia da doença do novo coronavírus (Covid-19). A AAP declara que apoia a tomada de decisão colaborativa entre os distritos escolares e os departamentos de saúde pública locais e estaduais sobre quando é seguro essa reabertura.

Reabertura de escolas pós-Covid-19

Segundo a academia, essas decisões dependerão de diversos fatores que englobam:

  1. A epidemiologia local e nacional do vírus SARS-CoV2;
  2. A disponibilidade de testes;
  3. A capacidade dos departamentos de saúde estaduais e locais de conduzir vigilância comunitária e rastreamento de contatos.
  4. A implementação de medidas para limitar a disseminação no ambiente escolar:
  • Procedimentos apropriados de desinfecção;
  • Triagem, monitoramento e teste entre funcionários e estudantes;
  • Uso de máscaras;
  • Limitar as interações dos alunos.
  1. Dados emergentes sobre o papel que crianças e adolescentes em idade escolar desempenham na transmissão da Covid-19;
  2. Possibilidade de fechamento intermitente das escolas em caso de Covid-19;
  3. Estabelecer opções para uma reabertura em fases.

Leia também: Sintomas gastrointestinais podem ser sugestivos de Covid-19 em crianças?

De acordo com a AAP, alunos de todos os Estados Unidos podem ter sofrido perdas educacionais devido ao fechamento prolongado das escolas durante a pandemia, mesmo com as implementações de ensino à distância. Certas crianças podem ser capazes de acessar o ensino à distância e continuar a crescer academicamente, mas outras podem ter dificuldades de acesso ou de se envolver com a instrução virtual. A seguir, encontram-se resumidas situações que também devem receber atenção:

Educação
  • Os impactos na instrução e no desenvolvimento emocional e social das crianças devem ser antecipados;
  • As escolas precisam estar preparadas para ajustar currículos e práticas instrucionais de acordo com a expectativa, sem esperar  que todo o progresso acadêmico perdido possa ser alcançado;  
  • Os planos devem ser equilibrados por um reconhecimento da provável angústia continuada de educadores e alunos, que persistirá quando as escolas reabrirem; 
  • Se as expectativas não forem realistas, a escola provavelmente se tornará uma fonte de mais sofrimento para educadores e alunos, em um momento em que eles precisam de apoio adicional;
  • Deve-se manter um currículo equilibrado com educação física continuada e outras experiências de aprendizagem, ao invés de ênfase exclusiva nas áreas principais.
Nutrição
  • Milhões de crianças americanas contam com refeições fornecidas na escola. Após a pandemia, é provável que as refeições escolares continuem sendo uma fonte ainda mais crítica de nutrição. 
Estudantes com deficiência
  • Os alunos com deficiência também podem ter mais dificuldade com os aspectos sociais e emocionais da transição para fora e de volta ao ambiente escolar;
  • Muitos distritos escolares exigem um esforço instrucional adequado antes de determinar a elegibilidade para os serviços de educação especial. No entanto, a instrução virtual ou a falta de instrução não devem ser razões para evitar o início de serviços, mesmo que uma determinação final de elegibilidade seja adiada.
Populações especiais
  • Com base no conhecimento médico atual, os riscos para os alunos com condições médicas de alto risco, principalmente crianças dependentes de ventilação mecânica ou crianças com traqueostomia,  são altos; 
  • Deve-se avaliar se cada aluno deve continuar um programa de ensino à distância ou receber instruções em casa ou no hospital, mesmo depois da reabertura da escola.
Requisitos anuais de saúde escolar
  • Em muitas jurisdições, a disponibilidade de assistência infantil na clínica pediátrica pode ter sido afetada pela pandemia; 
  • Considerar limite para as famílias enviarem a documentação anual necessária;
  • Para limitar o risco de outras doenças evitáveis por vacina durante esse período crítico, a conformidade com a imunização deve continuar sendo priorizada.
Serviços de saúde nas escolas
  • Devem ser apoiados, se disponíveis;
  • Considerar estratégias colaborativas que abordem e priorizem imunizações e outros serviços de saúde necessários para os alunos, incluindo serviços de saúde comportamental e de saúde reprodutiva.
Atletismo
  • É provável que eventos esportivos, práticas e sessões de condicionamento sejam limitados em muitos locais;
  • As avaliações de participação devem ser conduzidas em alinhamento com as recomendações da AAP e orientações estaduais e locais.
Saúde mental
  • Os profissionais de saúde mental da escola são críticos na formação de mensagens para estudantes e famílias sobre a reentrada escolar, incluindo ansiedade, aclimatação social etc. ;
  • As escolas são incentivadas a adotar uma abordagem de serviços universais para apoio à saúde mental de todos os alunos;
  • Os professores e outros funcionários devem receber treinamento sobre como conversar e apoiar as crianças durante uma pandemia e princípios de primeiros socorros psicológicos;
  • Os estudantes que precisam de mais apoio à saúde mental, incluindo aqueles que exibem ideação suicida, devem ser encaminhados para serviços adicionais;
  • Deve ser fornecido apoio aos alunos que estão de luto e alunos que sofrem por outras perdas. 
  • As escolas são incentivadas a entrar em contato com os alunos que não retornam à escola, pois podem estar enfrentando evasão escolar devido à ansiedade relacionada à pandemia; 
  • As escolas devem estar sintonizadas com os estressores sociais e familiares mais amplos que podem afetar a capacidade do aluno de frequentar a escola ou estar pronto para aprender; 
  • As escolas precisam incorporar acomodações e apoios acadêmicos para os alunos que ainda podem ter dificuldade em se concentrar ou aprender novas informações devido ao estresse associado à pandemia.

Em relação às considerações ambientais, a AAP aborda as seguintes situações:

Medidas de isolamento
  • Os distritos escolares devem estar preparados para seguir as orientações de saúde pública relativas aos protocolos de exclusão e isolamento de crianças e funcionários doentes identificados no momento da chegada ou durante o dia escolar; 
  • No caso de casos confirmados ou suspeitos de Covid-19 entre estudantes ou funcionários, as escolas devem dispor de orientações sobre planos de limpeza e contingência adequados para o fechamento de salas de aula ou escolas, com base em casos identificados e em conformidade com as diretrizes de saúde pública e do Centers for Disease Control and Prevention (CDC).
Tamanho do Grupo
  • Os distritos escolares devem prever restrições contínuas ao distanciamento físico/tamanho do grupo, de acordo com o CDC e/ou o departamento de saúde local ou estadual;
  • Os modelos de agendamento e de pessoal devem ser preparados para acomodar menos alunos e funcionários em uma determinada sala de aula ou espaço. Isso provavelmente também afetará eventos esportivos, práticas de equipe e sessões de condicionamento.

A AAP declara que, até que exista uma ampla disponibilidade de uma vacina e/ou tratamento para a Covid-19, existe o risco de futuras ondas de doenças impactarem as comunidades em todos os Estados Unidos. Portanto, é relevante que as escolas planejem a possibilidade de períodos adicionais de fechamento e se preparem estrategicamente para o ensino à distância ou outras opções educacionais.

Veja mais: Fatores de risco para o desenvolvimento e progressão da Covid-19 em crianças

Autora:

Referências bibliográficas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.