Leia mais:
Leia mais:
Ministério da Saúde lança campanha nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti
Quiz: paciente com dor no corpo, dor retro orbital e febre. Qual a conduta de enfermagem? 
Mosquitos infectados com wolbachia podem ajudar no controle da dengue?
Infecção prévia por zika pode estar relacionada ao risco de dengue grave?
Casos de dengue nas Américas chegam a 1,6 milhão este ano, alerta OPAS

Dengue: caso de transmissão sexual é confirmado na Espanha

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

O Ministério da Saúde do Brasil confirmou 596,38 mil casos de dengue neste ano até o dia 10 de junho, com um número provável de casos de 1,127 milhão. Uma das grandes preocupações em termos de prevenção da dengue é o controle do vetor, o mosquito Aedes aegypti. Porém, foi divulgada pela mídia esta semana uma nova e preocupante forma de transmissão: sexual.

Uma matéria do Jornal El Pais relatou que o Hospital Ramón y Cajal, em Madri, diagnosticou a dengue em um jovem que contraiu a doença mantendo relações desprotegidas com outra pessoa que havia adquirido o vírus, durante uma viagem pelo Caribe. Esta é uma das primeiras infecções sexualmente confirmadas no mundo, pois existem apenas referências na literatura científica de outro caso semelhante na Coréia do Sul.

A contaminação dessa vítima em Madri foi confirmada no final de setembro e intrigou os cientistas, pois ele não havia viajado para um país onde a dengue é endêmica. Também não haviam, no local onde eles estavam, mosquitos que pudessem justificar a contaminação.

Curiosamente, seu companheiro havia apresentado os mesmos sintomas, cerca de dez dias antes e havia viajado para Cuba. Segundo os testes, ambos tinham dengue. Além disso, uma análise das amostras dos dois revelou que era o mesmo tipo de vírus que circula em Cuba.

Veja também: Arboviroses: top 3 novidades de 2019

Esta descoberta evidencia um novo modo de transmissão do vírus, o que pode ter um impacto importante, pois levanta alguns questionamentos. Será que em regiões endêmicas teríamos também casos de transmissão sexual? Seria o Aedes aegypti menos culpado do que sempre imaginamos? Aguardamos novos estudos com esclarecimentos.

Receba todas as novidades em Medicina! Inscreva-se em nossa newsletter!

Autor:

Referência bibliográfica:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

2 comentários

  1. Andressa G.Comercial

    Ola Dayanna, obrigado por compartilhar estas informações com os leitores. A dengue e um problema ainda muito serio e precisamos tomar cuidado. Desejando sucesso, Andressa

  2. muito interessante seus conteúdos gostei muito deles. Parabéns 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.