Devo optar pela videolaringoscopia?

Pesquisadores realizaram uma revisão sistemática para verificar se a videolaringoscopia confere vantagem quando usada por anestesiologistas experientes no manejo de pacientes com via aérea difícil.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

Em novo estudo da revista Anaesthesia, pesquisadores realizaram uma revisão sistemática e meta-análise para verificar se a videolaringoscopia confere vantagem quando usada por anestesiologistas experientes no manejo de pacientes com via aérea difícil.

Os autores analisaram as bases do PubMed, MEDLINE, Embase e Cochrane em busca de ensaios controlados publicados até 1º de janeiro de 2017. Os resultados extraídos dos estudos incluíram sucesso da tentativa inicial de intubação traqueal; tempo de intubação bem sucedida; número de tentativas de intubação e complicações (por exemplo, trauma na mucosa e dentes).

Nove estudos, incluindo 1.329 pacientes, preencheram os critérios de inclusão. Os profissionais tinham > 2 anos de experiência com laringoscopia direta. O sucesso da primeira tentativa foi maior para todos os anestesiologista que utilizaram videolaringoscopia (odds ratio [OR]: 0,34; IC de 95%: 0,18 a 0,66; p = 0,001).

Videolaringoscopia também foi associada a uma visão significativamente melhor da glote (Escala Cormack-Lehane 1 e 2 vs. 3 – 4; [OR]: 0,04 ; IC de 95%: 0,01 a 0,15; p <0,00001). Além disso, o trauma na mucosa ocorreu com menos frequência com o uso da videolaringoscopia ([OR]: 0,16; IC de 95%: 0,04 a 0,75; p = 0,02).

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que a videolaringoscopia tem valor agregado até mesmo para o anestesiologista mais experiente, melhorando o desfecho da intubação, a visão da glote e a redução de traumas.

Veja também: ‘2 métodos para evitar a intubação’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Pieters, B. M. A., Maas, E. H. A., Knape, J. T. A. and van Zundert, A. A. J. (2017), Videolaryngoscopy vs. direct laryngoscopy use by experienced anaesthetists in patients with known difficult airways: a systematic review and meta-analysis. Anaesthesia. doi:10.1111/anae.14057
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades