Página Principal > Cardiologia > Dieta do mediterrâneo vs vegetariana: estudo compara eficácia
fita metrica em volta de legumes

Dieta do mediterrâneo vs vegetariana: estudo compara eficácia

Tempo de leitura: 2 minutos.

A dieta vegetariana é a mais comum entre a população e vem ganhando cada vez mais adeptos. Um novo artigo da revista Circulation comparou os efeitos sobre a saúde da dieta vegetariana com a do mediterrâneo, que foi apontada como um dos modelos mais saudáveis na prevenção de doenças cardiovasculares.

Para o estudo, pesquisadores randomizaram 118 indivíduos (idade média: 51 anos; 78% mulheres) com sobrepeso a uma dieta vegetariana de baixa caloria ou a uma dieta do mediterrâneo de baixa caloria, ambas com duração de 3 meses. O desfecho primário foi a diferença no peso corporal, no índice de massa corporal e na massa gorda; o secundário foi a diferença nas alterações dos parâmetros de risco circulatório de doenças cardiovasculares.

Dieta vegana ajuda a prevenir o diabetes?

Dieta do mediterrâneo vs dieta vegetariana: resultados

A taxa de participação total no final do estudo foi de 84,7%. Os pesquisadores não observaram diferenças entre as duas dietas no peso corporal, conforme relatado por reduções similares e significativas obtidas por ambas: vegetariana (-1,88 kg) e mediterrâneo (-1,77 kg). Resultados semelhantes foram observados para o índice de massa corporal e massa gordurosa.

Também não foram encontradas diferenças significativas entre as intervenções em marcadores de estresse oxidativo e citocinas, exceto a IL-17, que melhorou apenas no grupo da dieta do mediterrâneo.

Em contrapartida, foram observadas diferenças significativas nos níveis de LDL, triglicerídeos e vitamina B12. A diferença entre os grupos, em termos de valores no final da dieta, foi registrada em 9,10 mg/dL para LDL (P = 0,01), 12,70 mg/dL para triglicerídeos (P <0,01) e 32,32 pg/mL para vitamina B12 (P <0,01).

Quarenta e seis participantes do grupo vegetariano e 35 do mediterrâneo atingiram os valores-alvo para ≥ 1 fator de risco cardiovascular.

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que as duas dietas foram eficazes na redução do peso corporal, índice de massa corporal e massa gorda, sem diferenças significativas entre elas. A dieta vegetariana foi mais efetiva na redução dos níveis de LDL, enquanto a do mediterrâneo levou a uma maior redução nos níveis de triglicerídeos.

Bateu uma dúvida? O Whitebook refresca sua memória com conteúdos atualizados. Baixe aqui o nosso app.

Referências:

  • Low-Calorie Vegetarian Versus Mediterranean Diets for Reducing Body Weight and Improving Cardiovascular Risk Profile: CARDIVEG Study (Cardiovascular Prevention With Vegetarian Diet). Francesco Sofi, Monica Dinu, Giuditta Pagliai, Francesca Cesari, Anna Maria Gori, Alice Sereni, Matteo Becatti, Claudia Fiorillo, Rossella Marcucci and Alessandro Casini. Circulation. 2018;CIRCULATIONAHA.117.030088, originally published February 26, 2018. https://doi.org/10.1161/CIRCULATIONAHA.117.030088

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.