Página Principal > Whitebook > Dislipidemia: você sabe diagnosticar?
estetoscópio pendurado no pescoço de um médico

Dislipidemia: você sabe diagnosticar?

Tempo de leitura: 2 minutos.

Nesta semana, falamos sobre o que há de novo na diretriz da associação americana de endocrinologia sobre dislipidemia. Por isso, em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook Clinical Decision, trazemos as abordagens clínica e diagnóstica da dislipidemia.

Encontre o manejo completo da dislipidemia no Whitebook Clinical Decision! Clique e baixe aqui!

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.

Apresentação Clínica

Quadro Clínico: Há uma correlação positiva contínua entre a concentração plasmática de colesterol e risco coronariano. Um evento coronariano agudo é a primeira manifestação da doença aterosclerótica em pelo menos metade dos indivíduos que apresentam essa complicação. Logo, a identificação dos indivíduos assintomáticos que estão mais predispostos é de extrema importância.

Os critérios para identificação de pacientes com alto risco de eventos coronários incluem:

  • Doença Arterial Coronária (DAC) manifesta atual ou prévia (angina estável, isquemia silenciosa, síndrome coronária aguda ou cardiomiopatia isquêmica);
  • Doença Arterial Cerebrovascular (acidente vascular cerebral isquêmico ou ataque isquêmico transitório);
  • Doença aneurismática ou estenótica de aorta abdominal ou seus ramos;
  • Doença Arterial Periférica;
  • Doença Arterial Carotídea (Estenose maior ou igual a 50%);
  • Diabete mellitus tipo 1 ou 2.

Abordagem Diagnóstica

Exames de rotina: Avaliação do perfil lipídico através das determinações bioquímicas do colesterol total (CT), HDL ou HDL-colesterol (HDL-C), TG e do LDL ou LDL-colesterol (LDL-C) após jejum de 12 a 14 horas.

Os pacientes devem manter a dieta habitual, estado metabólico e peso estáveis por pelo menos duas semanas antes das dosagens.

É recomendado evitar a ingestão de álcool e atividade física vigorosa nas 72 e 24 horas que antecedem a coleta de sangue, respectivamente.

Critérios Diagnósticos

Classificação das dislipidemias:

  • Hipercolesterolemia isolada Elevação isolada do LDL-C (≥160 mg/dL).
  • Hipertrigliceridemia isolada Elevação isolada dos TG (≥150 mg/dL).
  • Hiperlipidemia mista Valores aumentados de ambos LDL-C (≥160 mg/dL) e TG (≥150 mg/dL).
  • HDL-C baixo Redução do HDL-C (homens < 40 mg/dL e mulheres < 50 mg/dL), isolada ou em associação com aumento de LDL-C ou de TG.
Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia-a-dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.