Leia mais:
Leia mais:
Quiz: mulher hipertensa e diabética identifica nódulo na mama esquerda. Qual o diagnóstico?
Os novos anticoagulantes orais estão sendo mais utilizados que os antagonistas da vitamina K em pacientes com FA?
Quiz: Sífilis adquirida e Sífilis congênita
Whitebook: coombs indireto – o que é e como solicitar?
Diagnóstico de policitemia vera: conceitos importantes

Dor torácica em criança: diagnósticos diferenciais

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Neste texto abordaremos as principais patologias que podem ocasionar dor torácica em crianças. Tal tema pode gerar certa insegurança no momento da consulta, principalmente em relação aos pais. Vale ressaltar que a dor torácica é uma das principais causas de encaminhamento de crianças ao cardiologista pediátrico, porém raramente a dor está relacionada de fato a problemas cardíacos.

De 10% a 45% dos casos são classificados como dor idiopática, ou seja, aquela em que não se encontra uma causa orgânica para a dor. Outras importantes patologias que podem levar à dor torácica em crianças são as costocondrites e afecções músculo-esqueléticas, sendo responsáveis por cerca de 40% dos casos. Seguidas pelas doenças respiratórias, gastrointestinais e psicogênicas fechamos os principais diagnósticos diferenciais de dor torácica na infância.

As dores relacionadas a costocondrites geralmente se acentuam com a atividade física e com a respiração profunda. De uma maneira geral se apresentam unilateralmente e de intensidade leve a moderada, podendo persistir por meses. Já no caso das patologias músculo-esqueléticas é comum estarem relacionadas a algum trauma na musculatura do dorso, peitoral e ombro, e muitas vezes se associam com a prática de esportes como lutas ou acidentes.

As causadas respiratórias podem levar à dor torácica devido ao uso excessivo da musculatura respiratória, como nos casos de asma e tosse persistente. A dor também pode ocorrer devido à irritação pleural, como nos casos de pneumonia, derrame pleural e pneumotórax.

Mais da autora: ‘Crupe viral e bacteriano – manual 2017 da Sociedade Brasileira de Pediatria’

Patologias como a esofagite podem originar uma sensação de queimação que piora com o decúbito, sendo por muitas vezes relatadas pelos pacientes como dor torácica. Devemos sempre lembrar também que distensão gasosa de alças intestinais podem levar ao relato de dor sem localização específica.

Como já mencionado anteriormente, as causas cardíacas de dor torácica correspondem apenas a 4% dos casos. Estenose aórtica, estenose pulmonar e doença obstrutiva vascular pulmonar podem levar à dor anginosa em crianças devido ao aumento da demanda de oxigênio pelo miocárdio, sendo a presença de sopro cardíaco um sinal sugestivo de tais patologias.

As miocardiopatias hipertróficas dilatadas causam dor torácica devido isquemia ou arritmias, podendo não haver nenhuma alteração ao exame físico, porém com sinais sugestivos na radiografia de tórax, ecocardiograma com doppler e ECG. Aneurisma ou dissecção aórtica estão relacionados a síndromes como Marfan, Turner e Noonan. Não podemos esquecer das pericardites decorrentes principalmente de infecções virais, que se apresentam como uma dor aguda associada a febre, que piora com decúbito e se atenua na posição sentada e reclinado para frente.

As causas coronarianas de dor precordial são extremamente raras em crianças, e decorrem da origem anômala de coronária, iniciando seus sintomas logo na infância.

O uso de cocaína por adolescente também pode levar à dor anginosa, arritmias e infarto devido sua ação no bloqueio da receptação de catecolaminas, aumentando assim seu nível circulante, o que causa vasoconstrição coronariana, aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial.

Por fim, não podemos esquecer das causas psicogênicas. Tais patologias vêm se tornando cada vez mais frequentes nos consultórios pediátricos, principalmente entre adolescentes. É importante estarmos atentos, pois esses sintomas podem estar associados a situações de estresse, como morte, separação familiar, fracasso escolar e abuso sexual.

É médico e também quer ser colunista do Portal PEBMED? Clique aqui e inscreva-se!

Autora:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar