Dormir pouco ou muito pode prejudicar a saúde do coração

A privação do sono já foi relacionada anteriormente com maior quantidade de eventos cardiovasculares. É recomendado um comportamento do sono saudável.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

A privação do sono já foi relacionada anteriormente com maior quantidade de eventos cardiovasculares. Por isso, é recomendado um comportamento do sono saudável pela American Heart Association. O provável mecanismo do aumento do risco de eventos cardiovasculares é o desencadeamento de estado inflamatório, induzido por curtos períodos de sono, corroborado por marcadores inflamatórios aumentados no sangue de pessoas que dorme por curtos períodos.

A privação do sono também pode estar envolvida na gênese de arritmias, ainda que isso não esteja bem estabelecido.

Saiba mais sobre os perigos da privação do sono:

Um estudo avaliou o sono de mais de 500 mil pessoas com idade entre 40 a 69 anos correlacionando com o risco de infarto agudo do miocárdio. Os pacientes foram identificados quando a quantidade de horas que dormiam por noite. Para os que dormiam pouco, foi definido um valor menor que 6 horas e, para os que dormiam muito, um valor maior que 9 horas por noite. O tempo médio de seguimento foi de 7 anos.

Os resultados mostraram que pacientes que dormiam pouco tinham um aumento do risco de infarto de 20% (RR: 1.20; 95% intervalo de confiança [IC]: 1.07 a 1.33) e, os que dormiam mais de 9 horas por noite tinham um risco aumentado em 34% (RR: 1.34; 95% IC: 1.13 a 1.58).

O estudo ainda concluiu que, com 1 hora a mais de sono, nas pessoas que dormiam pouco, seria capaz de reduzir esse risco de infarto em 20%.

Retirado do artigo: Daghlas I, Dashti HS, Lane J, et al. Sleep Duration and Myocardial Infarction. J Am Coll Cardiol 2019; 74:1304.

Portanto, devemos concluir que dormir tempo suficiente deve fazer parte das recomendações médicas para prevenção de infarto do miocárdio e doenças cardiovasculares. 

 

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades