Leia mais:
Leia mais:
Temas controversos em UTI: hipotensão arterial
Check-up Semanal: anticorpos da vacina de Covid-19 na gestação, síndrome do impostor e mais! [podcast]
Quiz: A vacina contra a poliomielite e o dia mundial de combate à doença
Lesão miocárdica após cirurgia não cardíaca
Mortalidade de pacientes com problemas cardíacos pós-Covid é de 42%, aponta estudo do InCor

Existe diferença na frequência do orgasmo entre pessoas com diferentes orientações sexuais?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Diversos estudos já mostraram que existe diferença na frequência de orgasmos durante o sexo entre homens e mulheres heterossexuais. No entanto, pouco se sabe sobre essa disparidade entre pessoas com diferentes orientações sexuais.

Para examinar as diferenças de gênero, orientação sexual e práticas na frequência do orgasmo, pesquisadores analisaram cerca de 50 mil adultos, divididos em:

  1. homens heterossexuais (n = 26.032)
  2. homens gays (n = 452)
  3. homens bissexuais (n = 550)
  4. mulheres heterossexuais (n = 24.102)
  5. mulheres gays (n = 340)
  6. mulheres bissexuais (N = 1.112)

Homens heterossexuais foram mais propensos a dizer que geralmente/sempre têm orgasmo durante o sexo (95%), seguido por homens gays (89%), homens bissexuais (88%), mulheres lésbicas (86%), mulheres bissexuais (66%) e, por último, mulheres heterossexuais (65%).

Mulheres que relataram orgasmos mais frequentes foram mais propensas a: receber mais sexo oral, ter maior duração do sexo, ser mais satisfeita com o seu relacionamento, pedir o que quer na cama, elogiar o seu parceiro na cama, trocar mensagens eróticas, usar lingerie, experimentar novas posições sexuais, aceitar estimulação anal, realizar fantasias e expressar amor durante o sexo.

Mulheres foram mais propensas ​​ao orgasmo se seu último encontro sexual incluísse beijo, estimulação genital e/ou sexo oral, além da penetração vaginal.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Para os pesquisadores, os resultados confirmam as perspectivas feministas e evolutivas, que indicam que a frequência do orgasmo é menor entre as mulheres. As frequências para mulheres heterossexuais só se aproximaram das dos homens quando outros comportamentos foram adicionados (por exemplo, sexo oral, estimulação manual). Esses achados são consistentes com a visão de que há diferenças biológicas entre homens e mulheres na relação sexual.

No entanto, os resultados também demonstram que essa disparidade pode ser reduzida, abordando fatores socioculturais e incentivando uma maior variedade de atividades durante a relação sexual. O fato de que as mulheres lésbicas tiveram orgasmos mais frequentemente do que as heterossexuais sugere que muitas mulheres heterossexuais poderiam experimentar maiores taxas de orgasmo.

Referências:

  • Frederick, D.A., John, H.K.S., Garcia, J.R. et al. Arch Sex Behav (2017). doi:10.1007/s10508-017-0939-z
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar