FDA aprova novo antibiótico para tratamento de bactérias multirresistentes

Recentemente, a U.S. Food and Drug Administration (FDA) aprovou uma nova arma contra esses as bactérias multirresistentes.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

A disseminação de bactérias multirresistentes vem se mostrando um desafio global no tratamento de infecções comunitárias e hospitalares. Recentemente, a U.S. Food and Drug Administration (FDA) aprovou uma nova arma contra esses microrganismos.

Imipenem-cilastatina/relebactam (nome comercial: Recarbrio) é uma combinação de imipenem, um carbapenêmico, com o relebactam, um novo inibidor de beta-lactamase. A cilastatina é um inibidor da deidropeptidase renal, diminuindo o metabolismo do imipenem e aumentando sua concentração sérica. A proposta desse novo antimicrobiano é ser mais uma opção terapêutica para bactérias Gram-negativas, principalmente, as produtoras de carbapenemases.

O Recarbrio foi aprovado para duas situações: infecções intra-abdominais complicadas e infecções complicadas do trato urinário. A não-inferioridade da combinação foi comprovada em dois ensaios clínicos: um com 298 pacientes adultos com ITU complicada e outro com 347 adultos com infecção intra-abdominal complicada.

Saiba mais: Bactérias multirresistentes podem matar 10 milhões de pessoas até 2050

Entretanto, outro grande estudo (RESTORE-IMI 1) também mostrou resultados favoráveis em relação ao uso do fármaco. Trata-se de um ensaio duplo-cego, randomizado e multicêntrico que recrutou pacientes com ITU complicada, infecção intra-abdominal complicada ou pneumonia hospitalar ou associada à ventilação mecânica para receber a combinação imipenem-cilastatina/relebactam ou terapia combinada com imipenem e colistina. Os resultados mostraram maiores taxas de resposta clínica com 28 dias no grupo que recebeu Recarbrio do que no grupo que recebeu imipenem e colistina (71% vs. 40%), além de menor mortalidade por qualquer causa em 28 dias (9,5% vs. 30%). Nefrotoxicidade decorrente do tratamento também foi menor no grupo do novo antimicrobiano, de forma estatisticamente significativa.

Nos estudos realizados para aprovação, os eventos adversos mais comuns com o uso de imipenem-cilastatina/relebactam foram náuseas, diarreia, cefaleia, febre e aumento de enzimas hepáticas. Além disso, observou-se risco aumentado de ocorrência de crises convulsivas com o uso concomitante com ganciclovir ou ácido valproico, sendo o último devido à diminuição dos níveis séricos do anticonvulsivante.

A dose recomendada é de 500/250mg, EV, 6/6 horas para adultos com função renal normal. A infusão deve ocorrer em 30 minutos e o tempo de tratamento deve ser orientado pelo local e a gravidade da infecção, assim como pela resposta clínica, variando de 4 a 14 dias. Em pacientes com disfunção renal, recomenda-se a redução da dose.

Embora a aprovação de um novo antibiótico seja animadora, é importante destacar que o imipenem-cilastatina/relebactam não tem atividade contra a maioria das bactérias produtoras de metalo-beta-lactamases. E que seu uso não deve ser indiscriminado, mas baseado em testes de sensibilidade. Para que permaneça como uma arma em nosso restrito arsenal terapêutico contra bactérias multirresistentes, o uso racional desse antimicrobiano deve ser a regra.

 

Referências:

 

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades