Leia mais:
Leia mais:
Uso do fibrinogênio no trauma hemorrágico
Eventos hemorrágicos no paciente crítico
Como manejar sangramentos causados por anticoagulantes orais?
Devemos ensinar à população como se utiliza o torniquete?
Uso do ácido tranexâmico pode ser eficaz na hemorragia aguda por trauma?

Hemorragia pós-trauma: nova diretriz indica melhores condutas; veja aqui

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

Recentemente, a Eastern Association For The Surgery Of Trauma (EAST) publicou um novo guideline para orientar o médico sobre as melhores condutas frente ao paciente com hemorragia após um trauma. Veja abaixo as recomendações publicadas no documento.

Recomendação 1: em paciente adultos com trauma severo, recomenda-se o uso de um protocolo de ressuscitação maciça de controle de transfusão/danos, em comparação com nenhum protocolo, para reduzir a mortalidade.

Recomendação 2: em paciente adultos com trauma severo, recomenda-se atingir uma alta proporção de plasma e plaquetas para glóbulos vermelhos, em comparação com baixa proporção, para reduzir a mortalidade. Esse objetivo pode ser melhor atingido através da transfusão de quantidades iguais de glóbulos vermelhos, plasma e plaquetas e durante a fase empírica precoce da ressuscitação.

Recomendação 3: em paciente adultos com trauma severo, recomenda-se o uso de ácido tranexâmico como adjuvante hemostático no hospital, em comparação com o não uso do ácido tranexâmico.

Por falta de evidências, a EAST não pode recomendar a favor ou contra o uso de fator VII ativado recombinante como um adjuvante hemostático.

Leia com mais detalhes as recomendações da EAST nesse link.

Veja também: ‘O que há de novo no Traumatismo Crânio-Encefálico?’

Referências:

  • Damage control resuscitation in patients with severe traumatic hemorrhage. Published 2017. J Trauma. 82(3):605-617, March 2017
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar