Hepatite B: nova diretriz para vacinação e rastreio do vírus

O American College of Physicians (ACP) e o Centers for Disease Control and Prevention (CDC) desenvolveram uma nova diretriz com recomendações para hepatite B.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Como já se sabe, vacinação e screening podem reduzir o peso da infecção crônica pelo vírus da hepatite B (VHB). O American College of Physicians (ACP) e o Centers for Disease Control and Prevention (CDC) desenvolveram uma nova diretriz com recomendações para hepatite B. Os keypoints são:

1) Devem receber a vacina:

  • Todos os adultos não vacinados (incluindo mulheres grávidas) em risco de infecção devido à exposição sexual, percutânea ou mucosa;
  • Trabalhadores de saúde e segurança pública em risco de exposição;
  • Adultos com doença hepática crônica, doença renal terminal (incluindo pacientes em hemodiálise) ou infecção por HIV;
  • Viajantes para as regiões endêmicas;
  • Adultos que procuram proteção contra a infecção.

2) O rastreamento (antígeno de superfície da hepatite B, anticorpos contra o antígeno de superfície da hepatite B e anticorpos contra o antígeno central da hepatite B) para o VHB deve ser realizado em pacientes de alto risco, incluindo:

  • Pessoas nascidas em países com prevalência de VHB igual ou superior a 2%;
  • Homens que têm relação sexual com homens;
  • Usuários de drogas;
  • HIV positivos;
  • Indivíduos que têm contatos domésticos e sexuais com pessoas infectadas com VHB;
  • Pessoas que necessitam de terapia imunossupressora;
  • Pacientes com doença renal terminal (incluindo aqueles em hemodiálise);
  • Doadores de sangue e tecido;
  • Pessoas infectadas com o vírus da hepatite C;
  • Indivíduos com níveis elevados de alanina aminotransferase (≥19 UI/L para mulheres e ≥ 30 UI/L para homens);
  • Prisioneiros;
  • Mulheres grávidas e bebês nascidos de mães infectadas com o VHB.

3) Médicos devem fornecer ou indicar um especialista que forneça a todos os pacientes identificados com VHB aconselhamento pós-exames e cuidados dirigidos contra a hepatite B.

Veja também: ‘Recém-nascidos devem receber vacina contra hepatite B nas primeiras 24 horas de vida’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Abara WE et al. Hepatitis B vaccination, screening, and linkage to care: Best practice advice from the American College of Physicians and the Centers for Disease Control and Prevention. Ann Intern Med 2017 Dec 5; 167:794 | http://dx.doi.org/10.7326/M17-1106
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades

Tags