Página Principal > Whitebook > Hiperidrose: você sabe diagnosticar?
estetoscopio

Hiperidrose: você sabe diagnosticar?

Essa semana no Portal da PEBMED falamos sobre um novo medicamento de uso tópico para o tratamento da hiperidrose. Por isso, em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook Clinical Decision, falaremos sobre a apresentação clínica e a abordagem diagnóstica dessa condição.

Veja as melhores condutas médicas no Whitebook Clinical Decision!

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.

Apresentação Clínica

Quadro clínico:

  • Hiperidrose primária (HP): aumento da sudorese principalmente na região palmoplantar e/ou axilar. Relacionada às atividades do dia a dia e estresse. Em geral, não há odor (bromidrose);
  • Hiperidrose secundária (HS): aumento da sudorese localizado (palmoplantar, axilar) ou generalizado. Associada a: queratodermia palmoplantar; síndromes disautonômicas familiares; linfoma; síndromes febris (tuberculose, endocardite); hipertireoidismo; uso de drogas.

Deve-se colher anamnese e revisão de sistemas detalhadas, a fim de diferenciar a hiperidrose primária e secundária.

Critérios diagnósticos para HP:

  • Sudorese excessiva focal, bilateral e simétrica;
  • Presente por pelo menos 6 meses;
  • Início antes dos 25 anos;
  • Melhora durante o sono, piora durante as atividades diárias.

Sugerem HS:

    • Sudorese generalizada;
    • Histórico de síndromes genéticas;
    • Síndrome febril;
    • Alterações endócrinas (hipertireoidismo, feocromocitoma);
    • Uso de medicamentos (acetilcolina, rivastigmina, neostigmina, sulfonilurea, anfetaminas, antidepressivos, opioides, entre outros).
Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia-a-dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Um comentário

  1. JOSÉ ALTINO SOUSA MARTINS

    Quais as indicações e complicações do tratamento cirúrgico da hiperidrose (simpatectomia).
    Aproveitando a oprtunidade, gostaria de receber algum artigo sobre as indicações e resultados do tratamento cirúrgico para o RUBOR FACIAL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.