Leia mais:
Leia mais:
Quiz: lesões tortuosas após contato com cimento. O que será?

Lesão de Lisfranc: fixar ou artrodesar?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A lesão de Lisfranc é um grande desafio para o cirurgião ortopédico. Atualmente, duas técnicas são reconhecidas para essas lesões: a redução aberta e fixação interna (RAFI) e a artrodese primária (AP). Tradicionalmente, a artrodese do mediopé era vista como um procedimento de salvamento para lesões de Lisfranc complicadas. Entretanto, estudos recentes não têm demonstrado diferenças significativas entre os resultados dos dois procedimentos. 

Saiba mais: Osteotomia percutânea versus osteotomia aberta para tratamento do hálux valgo moderado/grave

lesão de Lisfranc

Estudo

Uma revisão sistemática foi publicada recentemente na revista “Bone and Joint Open” com o objetivo de concluir sobre qual seria o melhor tratamento para lesões de Lisfranc. Foram selecionados para a metanálise 12 estudos entre 2002 e 2020, sendo três ensaios clínicos randomizados, um ensaio clínico não randomizado e oito séries de casos retrospectivas resultando em um total de 392 pacientes tratados com RAFI e 249 com AP. Além disso, mais oito estudos de caso não comparativos foram selecionados para análise descritiva.

Quanto ao escore AOFAS (American Orthopaedic Foot and Ankle Society), oito estudos foram elegíveis para comparação consistindo em 252 tratados com RAFI e 183 tratados com AP. Foi encontrada diferença média significativa a favor da AP (-6,34 (95% CI -11,88 a -0,80)). Sete estudos avaliaram a comparação da escala visual analógica da dor e não encontraram diferenças significativas na metanálise (0,63 (95% CI -0,86 to 2,13)). Também não foram encontradas diferenças significativas na análise de qualidade de vida pelo Short-form 36 (SF-36) (-1,20 (95% CI -3,86 a 1,46)).

Pacientes que foram submetidos a RAFI tiveram um risco relativo de 1,53 (95% CI 1,15 a 2,03)  de retirada do material de síntese e 2,23 (95% CI 0,94 a 5,32) de revisão cirúrgica comparado com AP. Além disso, não houve diferença significativa nos resultados dos tratamentos de lesões de Lisfranc ligamentares ou ósseas.

Imobilização ou fixação externa temporária para fratura-luxação fechada do tornozelo?

Conclusão

Uma grande limitação da metanálise é a heterogeneidade dos estudos, não permitindo fazer uma análise separada dos diferentes graus de lesão. Tendo isso em mente, é necessário olhar com cautela a conclusão de que, baseado no escore AOFAS, a artrodese primária é superior em relação à redução aberta e fixação interna. Um grande ensaio clínico randomizado é necessário para fortalecer ou refutar as evidências atuais.

Referências bibliográficas: 

  • van den Boom NAC, Stollenwerck GANL, Lodewijks L, Bransen J, Evers SMAA, Poeze M. Lisfranc injuries: fix or fuse? : a systematic review and meta-analysis of current literature presenting outcome after surgical treatment for Lisfranc injuries. Bone Jt Open. 2021 Oct;2(10):842-849. doi: 10.1302/2633-1462.210.BJO-2021-0127.R1. PMID: 34643414; PMCID: PMC8558450. 

 

 

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.