Maior parte das mortes em crianças de 5 a 14 anos pode ser evitada

Um estudo explorou as tendências na mortalidade na Índia, China, Brasil e México, que abrigam cerca de 40% das crianças do mundo. Saiba mais:

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Com o aumento da sobrevida global para crianças menores de cinco anos de idade se faz necessário urgentemente reduzir as aproximadamente 1 milhão de mortes de crianças de cinco a 14 anos que ocorrem a cada ano em todo o mundo.

Como as causas de morte nessas idades permanecem pouco documentadas, um estudo explorou as tendências nas causas de morte na Índia, China, Brasil e México, que abrigam cerca de 40% das crianças do mundo com idades entre cinco e 14 anos.

Foram examinados dados sobre 244.401 mortes em crianças de cinco a 14 anos de quatro fontes de dados nacionalmente representativas que obtiveram distribuições diretas das causas de morte: Indian Million Death Study, Chinese Surveillance Points, Instituto Nacional de Estadística. y Geografía, e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Foram apresentados no estudo dados sobre 12 principais grupos de doenças em todos os países, com discriminação por doenças transmissíveis e nutricionais, doenças não transmissíveis, lesões e causas mal definidas. Para calcular as taxas de mortalidade específicas por sexo e por idade para cada causa, foi aplicada a distribuição nacional de causa de morte nos envelopes de mortalidade da ONU para 2005–16 para cada país.

Resultados

Ao contrário do Brasil, China e México, as doenças transmissíveis ainda respondem por quase metade das mortes na Índia em crianças. Em 2016, a Índia teve as maiores taxas de mortalidade em quase todas as categorias, inclusive de enfermidades transmissíveis. Declínios rápidos entre o sexo feminino na mortalidade por doenças transmissíveis diminuíram a diferença até 2016 com os meninos na Índia (32,6 mortes por 100 mil meninas contra 26,2 por 100 mil meninos) e China (1,75 vs.1 5).

Na China, os ferimentos foram responsáveis ​​pelas maiores proporções de mortes (20 970 [53,2%] de 39.430 mortes estimadas, nas quais o afogamento foi uma das principais causas).

A taxa de mortalidade por homicídio na faixa etária de 10 a 14 anos foi maior para meninos do que para meninas no Brasil, aumentando anualmente em uma média de 0,7% (0-3-1.1).  Na Índia e na China, as taxas de morte por suicídio foram mais altas para meninas do que para meninos com idades entre 10 e 14 anos.

Por outro lado, no México, as taxas de mortalidade foram maiores para meninos do que para meninas, aumentando anualmente em uma média de 2,8% (2,00-3,3).

Leia maisComo prevenir afogamento de crianças?

Mortes por acidentes de transporte, afogamento e câncer são comuns em todos os quatro países, com os acidentes de transporte entre as três principais causas de morte para ambos os sexos em todos os países – exceto para meninas indianas, e câncer nas três principais causas para ambos os sexos no México, Brasil e China.

A maioria das mortes que ocorreu entre 2005 e 2016 em crianças de cinco a 14 anos na Índia, China, Brasil e México surgiu de condições evitáveis ​​ou tratáveis. Essa faixa etária é importante para ampliar algumas das metas globais específicas para doenças desenvolvidas para crianças menores de cinco anos de idade.

Os resultados desse estudo mostram que intervenções para controlar doenças e lesões não transmissíveis, e para fortalecer os sistemas de notificação de causas de morte, também são necessárias.

É médico e quer ser colunista do Portal da PEBMED? Inscreva-se aqui!

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades