Página Principal > Cardiologia > Meditação pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares
menina meditando em pedra

Meditação pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares

Tempo de leitura: 2 minutos.

Muitos estudos já relataram os benefícios da meditação, uma técnica acessível e de baixo custo que pode ser uma terapia complementar atraente e rentável para os tratamentos médicos mais tradicionais. Pensando nisso, a American Heart Association (AHA) revisou sistematicamente os dados sobre os potenciais benefícios da meditação sobre o risco cardiovascular.

Os estudos dos efeitos da meditação sobre o risco cardiovascular analisados incluíram aqueles que investigaram a resposta fisiológica ao estresse, cessação do tabagismo, redução da pressão arterial, resistência à insulina e síndrome metabólica, função endotelial, isquemia miocárdica induzível e prevenção primária e secundária de doenças cardiovasculares.

Conclusões

– Para a prevenção primária, dois estudos de curto prazo relataram “surpreendentes reduções de mortalidade” com a meditação, mas os resultados exigem confirmação em estudos maiores.

– Para a prevenção de eventos cardiovasculares recorrentes, os dados podem ser caracterizados como de qualidade média, mas não definitivamente estabelecendo benefícios.

– Estudos observacionais sugerem efeitos duradouros na fisiologia e anatomia do cérebro, o que fornece alguma plausibilidade biológica para consequências benéficas no risco cardiovascular.

– Muitos estudos sugerem um benefício nos desfechos psicológicos e psicossociais.

– O efeito sobre a pressão arterial variou consideravelmente em todos os estudos.

Em geral, estudos de meditação sugerem um possível benefício no risco cardiovascular, embora a qualidade e a quantidade de dados sejam modestos.

Tendo em vista os baixos custos e riscos dessa intervenção, a AHA sugere que a meditação seja considerada como um complemento da redução do risco cardiovascular por aqueles interessados ​​nesta modificação no estilo de vida, com o entendimento de que os benefícios dessa intervenção ainda devem ser melhor estabelecidos.

Pesquisas adicionais sobre meditação e risco cardiovascular estão garantidas. Veja a revisão completa da AHA nesse link.

Veja também: ‘Alimentos e a saúde cardiovascular: o que faz bem?’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Meditation and Cardiovascular Risk Reduction. A Scientific Statement From the American Heart Association. https://doi.org/10.1161/JAHA.117.002218. Journal of the American Heart Association. 2017;6:e002218. Originally published September 28, 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.