Ginecologia e Obstetrícia

Menopausa associada a alto risco de doença cardiovascular calculado através do escore de Framingham

Tempo de leitura: 2 min.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (WHO, 2018) a principal causa de morte nas mulheres ao redor do mundo é devido à doença cardiovascular (DCV). Apesar da mortalidade devido DCV em ambos os sexos terem caído nas últimas três décadas, em mulheres com menos de 55 anos não houve mudança alguma (PRICE, 2021).

Identificar fatores de risco e possíveis medidas preventivas de DCV em mulheres jovens tornou-se um objetivo para melhorar a assistência prestada a esse grupo (HUMPHRIES, 2017).

Menopausa e risco de doença cardiovascular

Price (2021) publicou um estudo no Journal of North American Menopause Society sobre o alto risco cardiovascular, de acordo com o escore de Framingham, nas mulheres com menopausa precoce ou cirúrgica. É um estudo de coorte abrangente utilizando dados da Canadian Longitudinal Study on Aging. Foram selecionadas mulheres de sete províncias canadenses, entre 45 e 85 anos, todas na pós menopausa e sem DCV prévia.

Leia também: Ingestão de laticínios e risco de fraturas em mulheres na transição da menopausa

Dados antigos das pacientes foram utilizados para avaliar os sintomas pós menopausa e o escore de risco de Framingham (ERF). Os pesquisadores compararam 10.090 mulheres com menopausa natural, precoce e cirúrgica. Foi levado em consideração idade, escolaridade, província de residência e uso de terapia de reposição hormonal (TRH). Dessas pacientes 11% tiveram menopausa natural precoce e 19% menopausa cirúrgica. A TRH foi realizada em 42% das mulheres, principalmente nas que tiveram menopausa cirúrgica (59,2%).

O estudo realizado por Price (2021) tem um diferencial importante dos demais estudos realizados com o mesmo objetivo, pois neste os pesquisadores excluíram as mulheres com alto risco cardiovascular, segundo o ERF, previamente a histerectomia ampliada ou ooforectomia ou menopausa precoce, o que era um viés nos estudos anteriores.

Conclusões

Segundo Price (2021), a menopausa cirúrgica aumenta o risco de DCV de acordo com a ERF, sendo necessário a conscientização dos cirurgiões para realizar ooforectomia apenas nas pacientes com critérios para tal procedimento.

A menopausa natural antes dos 45 anos de idade também eleva o risco de DCV, sendo necessário que os ginecologistas, clínicos gerais e/ou médicos da família reconheçam essas pacientes e promovam medidas de prevenção da DCV. E sempre que necessário, solicitar avaliação e conduta do cardiologista para um trabalho multidisciplinar, promovendo benefícios para as pacientes, e assim, diminuindo morbidade e mortalidade das mulheres devido à DCV.

Autora:

Referências bibliográficas:

  • Price MA, Alvarado BE, Rosendaal NTA, Câmara SMA, Pirkle CM, Velez MP. Early and surgical menopause associated with higher Framingham Risk Scores for cardiovascular disease in the Canadian Longitudinal Study on Aging. Menopause. 2021 Jan 4;28(5):484-490. doi: 10.1097/GME.0000000000001729. PMID: 33399323; PMCID: PMC8284368.
  • Global Health Estimates 2016: disease burden by cause, age, sex, by country and by region, 2000-2016. Geneva: World Health Organization; 2018.
  • Humphries KH, Izadnegahdar M, Sedlak T, et al. Sex differences in cardiovascular disease—impact on care and outcomes. Front Neuro-endocrinol 2017;46:46-70.
Compartilhar
Publicado por
Letícia Suzano Lelis Bellusci

Posts recentes

Transtorno do pânico: qual a diferença do ataque de pânico?

Neste episódio, a Dra. Paula Hartmann vai falar sobre transtorno do pânico. Entenda os fatores…

10 horas atrás

Xantelasma: Diagnóstico e tratamento

O xantelasma é uma placa de gordura, amarelada que ocorre mais comumente no canto interno da pálpebra.…

10 horas atrás

Síndrome do piriforme: o que é e qual o seu tratamento?

A síndrome do piriforme é uma condição decorrente da compressão do nervo ciático pelo músculo…

11 horas atrás

Urina de 24 horas: como orientar a coleta?

Embora a coleta/conservação de urina seja simples, ela costuma gerar muitas dúvidas nos pacientes e até…

12 horas atrás

Enfermeiros dos EUA são mais propensos a ter pensamentos suicidas do que outros trabalhadores da área de saúde

Os pesquisadores descobriram que o Burnout estava fortemente associado à pensamentos suicidas entre os enfermeiros.…

14 horas atrás

Assistência manual intermitente da respiração versus pressão suporte durante o processo de extubação

Não só a intubação orotraqueal mas o processo da extubação é um dos maiores desafios…

15 horas atrás