O que há de novo sobre o uso de torniquete na artroplastia total do joelho?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A maioria dos cirurgiões opta por realizar a cirurgia de artroplastia total do joelho (ATJ) com o auxílio de um torniquete. Um torniquete é um dispositivo que se ajusta ao redor da coxa e restringe o fluxo sanguíneo promovendo isquemia do membro durante a cirurgia. Este dispositivo paralisa o sangramento durante o ato cirúrgico facilitando a realização do procedimento para o cirurgião.

O uso do torniquete, entretanto, apresenta problemas potenciais podendo aumentar a chance de complicações locais e sistêmicas devido a paralisação do fluxo sanguíneo para o membro associado o represamento sanguíneo no local assim como aos eventos sequenciais à liberação do mesmo.

médico realizando cirurgia de artoplastia do joelho com torniquete

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Torniquete na artoplastia do joelho

Recentemente, muitos estudos vem investigando as vantagens e desvantagens da realização da cirurgia sem isquemia do membro pelo uso de torniquetes. As vantagens teóricas, neste contexto, incluem a redução das taxas de infecções, complicações cutâneas, dor e eventos tromboembólicos. O uso de isquemia por sua vez poderia trazer a vantagem de reduzir o sangramento , melhorar a cimentação e assim a estabilidade dos implantes além de reduzir o tempo cirúrgico.

É necessário compreender se os torniquetes são seguros e se beneficiam ou prejudicam os pacientes. Por isso, um estudo, publicado em maio de 2021, abordou este tema ao realizar uma revisão sistemática com metanálise dos artigos envolvendo o tema publicados entre 1946-2020.

Foi realizada uma pesquisa nas bases de dados MEDLINE, EMBASE, Cochrane Central Register of Controlled Trials até 26 de março de 2020. Foram incluídos ensaios clínicos randomizados comparando ATJ com torniquete versus sem torniquete. Foram avaliados nos estudos dor, função, eventos adversos graves, perda de sangue, estabilidade do implante, duração da cirurgia e tempo de internação hospitalar.

Leia também: A penetração da lâmina de serra durante a artroplastia total do joelho é perigosa?

Resultados

Após a adoção dos critérios estabelecidos para a revisão sistemática, foram selecionados 41 ensaios clínicos randomizados incluindo 2.819 participantes.

Eventos adversos graves foram significativamente mais comuns no grupo do torniquete (53/901 vs 26/898, torniquete vs sem torniquete, respectivamente) (razão de risco 1,73 (intervalo de confiança de 95% (IC) 1,10 a 2,73). A pontuação média da dor no primeiro dia pós-operatório foi 1,25 pontos maior (IC 95% 0,32 a 2,19) no grupo do torniquete.

A perda sanguínea geral não diferiu entre os grupos. O tempo médio de internação hospitalar foi 0,34 dias a mais no grupo que fez a cirurgia com torniquete (IC95% 0,03 a 0,64) e o tempo médio de cirurgia foi 3,7 minutos menor (IC95% -5,53 a -1,87).

Mais do autor: Quais os fatores de risco para a incapacidade de redução das luxações do ombro sem o uso de sedação?

Conclusões

A conclusão do estudo sugere que o uso do torniquete está associado a um risco aumentado de eventos adversos graves, dor e uma permanência hospitalar mais longa. O único achado a favor do uso do torniquete foi um tempo cirúrgico menor.

Os resultados não apoiam a justificativa do uso rotineiro do torniquete na cirurgia de ATJ. Embora esta mudança possa tornar a realização da cirurgia menos confortável, a redução da taxa de complicações parece justificar os esforços para a realização da cirurgia sem o uso de isquemia.

Autor:

Referência bibliográfica:

  • Ahmed I, Chawla A, Underwood M, Price AJ, Metcalfe A, Hutchinson CE, Warwick J, Seers K, Parsons H, Wall PDH. Time to reconsider the routine use of tourniquets in total knee arthroplasty surgery. Bone Joint J. 2021 May
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar