Página Principal > Geriatria > Pesquisa do Datafolha mostra que idosos abandonam o futebol e preferem as caminhadas
exercicio idosos

Pesquisa do Datafolha mostra que idosos abandonam o futebol e preferem as caminhadas

Tempo de leitura: 2 minutos.

Uma pesquisa nacional do Datafolha, publicada no Jornal “Folha de São Paulo”, trouxe alguns dados sobre a prática de exercícios físicos no Brasil. A pesquisa reforça alguns conceitos que já eram de noção do público em geral como o fato de que quase metade dos brasileiros, 46% para ser específico, não pratica nenhuma atividade física. Lembrando que essa prática é muito importante para se chegar a velhice de forma saudável.

Falando em idosos saudáveis, ao escolher dentre oito atividades possíveis para garantir uma velhice mais saudável, a maioria dos entrevistados colocou as atividades físicas quase no final da lista, em sétimo lugar. O exercício físico é repelido pela maioria dos entrevistado. Ao dar nota na escala de 0 a 10, o brasileiro dá aproximadamente 5,6 para sua dedicação às práticas físicas, sendo que 1 a cada 5 deram nota zero nesse quesito.

Exercício físico e Alzheimer: faça a sua parte!

Para os que passaram dos 60 anos de idade, a atividade preferida é a caminhada. As academias e o futebol são praticadas em grande maioria por pessoas mais jovens. Os idosos vão abandonando essas práticas aos poucos: entre os 60 e os 80, um pouco mais que 6% pratica uma dessas atividades; depois dos oitenta apenas 2% fazem academia e o futebol para completamente.

Existem algumas diferenças entre os gêneros também. Depois dos 60 anos, os homens fazem um pouco mais de exercícios que as mulheres, mas as porcentagens não são tão diferentes assim: 55% dos homens praticam exercícios; já do lado das mulheres esse número cai para 49%. Uma curiosidade nesse sentido é o uso da bicicleta: enquanto 7% dos homens com mais de 60 anos costumam utilizá-la, apenas 1% das mulheres da mesma idade gostam de pedalar.

Para finalizar, um dado interessante e curioso: quando se trata da natação, os idosos com mais de 80 anos só perdem para os jovens de 16 a 24 anos. No primeiro grupo, 3% nadam enquanto, dentre os mais jovens, esse número vai para 4%.

Tire suas dúvidas médicas de forma prática na hora da tomada de decisão. Baixe o Whitebook.

Referência:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.