Leia mais:
Leia mais:
Estudo busca analisar efeitos da Zika e da Covid-19 na sexualidade e fecundidade
Infecção prévia por zika pode estar relacionada ao risco de dengue grave?
Nova linhagem do zika vírus é identificada circulando no Brasil
Casos de dengue nas Américas chegam a 1,6 milhão este ano, alerta OPAS
Casos prováveis de dengue ultrapassam 90 mil, com 14 mortes confirmadas

Pesquisa mostra que a microcefalia já era endêmica no Brasil antes do surto de Zika.

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Em 2015, durante a epidemia do Zika virus no Brasil, a microcefalia também recebeu destaque quando muitos casos de bebês que nasceram com microcefalia foram associados a esse vírus, que é um dos fatores de risco. Porém, uma pesquisa publicada na revista Pediatrics Official Journal, da Academia Americana de Pediatria, realizada por pesquisadores brasileiros mostrou que a microcefalia já era endêmica desde anos antes no país.

O estudo realizado por  pesquisadores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP e da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) avaliou mais de 6174 crianças que nasceram na cidade de Ribeirão Preto (SP) e 4220 que eram de São Luís (Maranhão) no ano de 2010.

Em Ribeirão Preto, a porcentagem de recém-nascidos com microcefalia foi de 3,2%. Já na capital do Maranhão esse número foi um pouco maior, de 3,5%.  Os pesquisadores se surpreenderam com os resultados pois, devido a resultados de outros estudos, esperavam taxas menores do que essas. Além disso, no ano em questão, São Luís teve mais casos de microcefalia severa grave (0,7%) do que Ribeirão Preto (0,5%).

Emergência exige urgência. Consulte o Whitebook e adquira a informação necessária de forma rápida. É só clicar aqui para baixar.

A microcefalia passou a ser um surto durante a epidemia de Zika, porém os responsáveis pelo estudo lembram que esse não é o único fator que ajuda a desenvolver essa anomalia. Aspectos sociais, reprodutivos e demográficos também ajudam no seu desenvolvimento. Nessa pesquisa especificamente, o aparecimento do vírus foi relacionado a questões como baixa escolaridade da mãe, consumo de álcool durante a gravidez,  tabagismo por parte da mãe e restrição do crescimento intrauterino foram fatores relevantes. Os dois últimos foram inclusive relacionados à casos mais graves de microcefalia.

Apesar dos casos de microcefalia no Brasil terem aumentado consideravelmente, o Estudo Colaborativo Latino-Americano de malformações congênitas (Eclam) acredita que mais da metade dos casos de microcefalia graves (aproximadamente 66%) não foram oficialmente notificados, então é possível que esse número seja bem maior do que o divulgado.

Referência:

http://jornal.usp.br/ciencias/ciencias-da-saude/microcefalia-ja-era-endemica-antes-do-virus-zika-revela-pesquisa/

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar