Leia mais:
Leia mais:
PODIUM: diagnóstico de disfunção hematológica em pacientes pediátricos graves
PODIUM: critérios para diagnóstico de disfunção imune em pacientes pediátricos graves
Critérios para insuficiência hepática aguda pediátrica: Orientações baseadas a partir do painel PODIUM 

PODIUM: diagnóstico de disfunção hematológica em pacientes pediátricos graves

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A disfunção orgânica em pacientes pediátricos está associada a altos índices de morbidade e alta letalidade. Isso também inclui a disfunção hematológica.

Apesar de existirem sistemas de pontuação desenvolvidos para avaliação e quantificação da disfunção hematológica em pacientes pediátricos graves, não existe consenso com relação a qual modelo apresenta maior potencial preditivo com relação aos desfechos dessa população. Além disso, muitos desses critérios utilizam aspectos que não foram adequadamente testados ou validados para essa população.

A disfunção hematológica tem sido classicamente avaliada em termos de citopenias e/ou presença de alteração de coagulação. Porém, exceto pela contagem de plaquetas, a hemostasia não representa uma das funções da medula óssea. Sendo assim, novos critérios baseados em evidências de qualidade são necessários.

monitor de UTI e paciente ao fundo com disfunção hematológica pediátrica

Critérios de disfunção hematológica pediátrica

Com base em revisão sistemática, a colaboração PODIUM definiu alguns critérios para a disfunção hematológica em crianças com doença grave. A busca foi realizada a partir de termos específicos para a disfunção hematológica, como anemia, hemoglobina, hematócrito, leucopenia, trombocitopenia, termos relacionados a índices hematimétricos, distribuição de neutrófilos, índices plaquetários e massa plaquetária circulante.

Veja abaixo:

  • Contagem de plaquetas – Pacientes sem diagnósticos oncológicos ou hematológicos de base: < 100.000 células/microL;
  • Contagem de plaquetas – Pacientes com diagnósticos oncológicos ou hematológicos de base: < 30.000 células/microL;
  • Contagem de plaquetas – Pacientes com trombocitopenia de base independente da etiologia (ou seja, contagem de plaquetas de base < 100.000 células/mm3): ≥ 50% de decréscimo da base;
  • Contagem de leucócitos: < 3000 células/microL;
  • Hemoglobina: entre 5 e 7 g/dL – Disfunção não grave;
  • Hemoglobina < 5 g/dL – Disfunção grave.

Existem alguns problemas específicos com aos novos critérios elaborados, sendo esses problemas descritos especificamente pelo grupo de trabalho. Em primeiro lugar, as recomendações foram baseadas largamente em opiniões de experts, uma vez que nenhuma das recomendações pôde ser baseada por estudos clínicos randomizados, o que dificulta o objetivo do grupo, que é de recomendações baseadas em evidências.

Em segundo lugar, essa avaliação não permite a avaliação dos limiares hematológicos de acordo com as diferentes causas de base (exceto para os índices plaquetários distintos em pacientes com doenças hematológicas e/ou oncológicas). Também não é conhecido se o período ou a duração da citopenia apresenta implicação prognóstica associada. Por fim, esses critérios não incluem a avaliação funcional das células com relação à disfunção orgânica. Por exemplo, pacientes podem ter níveis plaquetários dentro dos valores estabelecidos, mas podem apresentar disfunção plaquetária com sangramento associado, e esse escore não permite essa avaliação.

De qualquer forma, essa é uma importante tentativa para o estabelecimento de critérios adequados para a disfunção hematológica em pacientes graves, e estudos específicos são necessários para definir melhor essas questões.

O que é a colaboração PODIUM?

A colaboração PODIUM (Pediatric Organ Dysfunction Information Update Mandate) é um painel colaborativo de especialistas com o objetivo de levantar e sintetizar evidências científicas de qualidade no que diz respeito à disfunção orgânica na pediatria. Também tem o objetivo de elaborar critérios atualizados para a disfunção orgânica pediátrica. O painel foi formado por 88 especialistas oriundos de sete países que conduziram revisões sistemáticas da literatura com relação às disfunções orgânicas mais comuns na pediatria.

O grupo realizou revisão da literatura publicada no período de 1992 a 2020 com relação à disfunção imunológica, com inclusão de 29 estudos a esse respeito.

Não deixe de conferir: PODIUM: critérios para diagnóstico de disfunção imune em pacientes pediátricos graves

Referências bibliográficas:

  • Bembea MM, Agus M, Akcan-Arikan A, et al. Pediatric Organ Dysfunction Information Update Mandate (PODIUM) Contemporary Organ Dysfunction Criteria: Executive Summary. Pediatrics. 2022 Jan 1;149(1 Suppl 1):S1-S12. https://doi.org/10.1542/peds.2021-052888B
  • Muszynski JA, Cholette JM, Steiner ME, Tucci M, Doctor A, Parker RI; Pediatric Organ Dysfunction Information Update Mandate (PODIUM) Collaborative. Hematologic Dysfunction Criteria in Critically Ill Children: The PODIUM Consensus Conference. Pediatrics. 2022 Jan 1;149(1 Suppl 1):S74-S78. https://doi.org/10.1542/peds.2021-052888K
Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.