Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Colunistas / Point-of-care testing (POCT) revolucionam a prática clínica com entrega rápida de diagnóstico
médicos laboratoristas avaliando tubo com sangue em point-of-care testing

Point-of-care testing (POCT) revolucionam a prática clínica com entrega rápida de diagnóstico

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

A eficácia e a praticidade das soluções POCT têm aproximado cada vez mais o atendimento médico do paciente

A área da saúde, especialmente o setor de diagnóstico laboratorial, vêm experimentando uma grande e contínua evolução tecnológica nas últimas décadas. Já os médicos, cada vez mais, necessitam oferecer aos seus pacientes um diagnóstico rápido e preciso, possibilitando assim uma tomada de decisão precoce, com um impacto direto no desfecho clínico e nos custos ao sistema de saúde como um todo.

Acompanhando essa demanda, foram desenvolvidos aparelhos compactos, confiáveis, de fácil e intuitiva operação, capazes de fornecer resultados rápidos, para serem utilizados fora do ambiente do Laboratório Clínico. Tais instrumentos, devido à estas características, são conhecidos como point-of-care testing (POCT), também chamados de testes laboratoriais remotos (TLR), testes descentralizados ou testes à beira do leito.

Point-of-care testing (POCT)

Outrora apontados por muitos especialistas como o futuro dos testes laboratoriais, os POCT já são realidade nos serviços de saúde em vários países, inclusive no Brasil. Podem ter aplicabilidade clínica tanto em hospitais e seus diversos setores (emergência, enfermarias, centro cirúrgico,unidades de terapia intensiva, no próprio laboratório central), quanto em ambulâncias, farmácias, clínicas, consultórios médicos, campanhas de saúde, e até mesmo na própria casa dos pacientes.

Em virtude de sua operação relativamente simples e automatizada, mediante programas de treinamento operacionais (que podem ser feitos por plataformas online) e aliados a uma competente assessoria técnico-científica, profissionais da saúde que não possuem formação/experiência em atividades laboratoriais, podem facilmente serem instruídos para o seu correto manuseio, operação e interpretação dos resultados.

Existe uma extensa variedade de POCT disponíveis comercialmente, que podem utilizar, a depender do teste, os mais diversos fluídos biológicos em suas análises (sangue, fezes, urina, secreções respiratórias, etc.). Dessa maneira, eles podem ser usados para triagem, diagnóstico, tratamento e monitorização terapêutica de inúmeras patologias e condições clínicas.

A sua implementação traz diversas vantagens para as instituições e personas envolvidas, notadamente o corpo clínico, médicos e, principalmente, os pacientes. Dentre estes benefícios, podemos destacar a: mitigação dos erros pré e pós-analíticos; liberação rápida e automática dos resultados; menor volume de amostra; melhor capacidade de decisão e início precoce do tratamento; redução dos gastos em saúde; diminuição da morbimortalidade; maior autonomia da equipe; maior conforto, satisfação e otimização do tempo dos pacientes; redução de encaminhamentos e outros pedidos de exames desnecessários; dentre outros.

Mais vantagens do POCT:

  • Enquanto para realizar um painel de influenza são necessários 2 dias, com o POCT são apenas 10 min;
  • Apenas em 2019, foi possível testar 14 milhões de pessoas para hepatite C com os testes rápidos.

A pandemia da Covid-19 e a aplicabilidade dos POCT para o seu diagnóstico

Recentemente, em meio à declaração de pandemia do novo coronavírus, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), houve uma grande demanda por exames para a detecção precoce do SARS-CoV-2. Nesse sentido, além das técnicas de biologia molecular tradicionais (que demandam um tempo muito maior para a liberação dos resultados, profissionais especializados e grande infraestrutura laboratorial), foram desenvolvidas técnicas moleculares para testagem rápida do SARS-CoV-2, por meio de POCT.

Utilizando um swab, coleta-se o material das vias aéreas superiores (naso ou orofaringe) do paciente. Em seguida, ele é agitado em um frasco contendo um líquido próprio, onde o eventual material genético fica depositado. Essa solução é inserida em um pequeno aparelho portátil, que é capaz de detectar em apenas 5 minutos os resultados positivos, e cerca de 13 minutos no caso de resultados negativos, com grande acurácia. Dessa maneira, esse tipo de teste é capaz de minimizar os impactos do diagnóstico tardio da infecção ou a falta dele, contribuindo de forma decisiva para o controle dessa pandemia.

Abbott

A Abbott, líder mundial em diagnósticos, tem ampliado sua atuação no cenário de point-of-care testing ao empoderar e respaldar o profissional de saúde na sua decisão quanto ao melhor tratamento e, ao mesmo tempo, aproximando-o do paciente ao oferecer um diagnóstico seguro, rápido e preciso em seu próprio local de atuação. Com uma diversificada linha de produtos e tecnologias disponíveis, a companhia disponibiliza testes imunocromatográficos e soluções por biologia molecular que, por sua alta especificidade e sensibilidade, têm sido altamente recomendadas pelas diretrizes internacionais e nacionais.

Autor:

Referências bibliográficas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.