Home / Clínica Médica / Por que ainda é cedo para liberar o uso de hidroxicloroquina para Covid-19? [vídeo]

Por que ainda é cedo para liberar o uso de hidroxicloroquina para Covid-19? [vídeo]

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

Na última semana, foram divulgados estudos de possíveis tratamentos para a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV2). Entre eles estavam alguns utilizando cloroquina e hidroxicloroquina, que acabaram viralizando e, por isso, uma grande discussão surgiu sobre a liberação de uma nova indicação para esses fármacos, o que fez com que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) precisasse se posicionar.

Será que os estudos apresentados realmente são suficientes para a liberação rápida desses medicamentos para uma doença tão nova? No vídeo abaixo, apresento uma análise sobre crítica, com interpretação dos resultados, do estudo que avaliou hidroxicloroquina com ou sem azitromicina para pacientes com Covid-19. Assista:

Leia mais sobre os estudos:

Autor:

Um comentário

  1. Avatar
    José Fritz da Costa Siquara

    Dr. Fabio Tuche, concordo plenamente com vosso parecer.
    Parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar