Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Podcast / Prognóstico do infarto à beira do leito: sim, isso existe! (há muito tempo)
paciente recebendo visita no hospital

Prognóstico do infarto à beira do leito: sim, isso existe! (há muito tempo)

Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

“Doutor, ele vai ficar bem?” Essa é a pergunta que gera mais angústia. E isso é verdade tanto para o paciente e para os familiares, ávidos por uma resposta positiva, quanto para o médico, que sabe o peso da responsabilidade que uma afirmativa traz.

E se essa pergunta fosse para você? Saberia estimar o prognóstico do seu paciente infartado de uma maneira rápida e eficaz? E não é “chute”. Estamos falando de estatística.

Neste SVCast, vamos te apresentar o escore de Killip-Kimball para estimar o risco do seu paciente à beira do leito. Já ouvir falar? Sabe como aplicá-lo? Chegou a hora!

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Gostou? Acesse nossa plataforma www.salavermelha.com.br e veja o que estamos preparando. Tem muito mais vindo aí.

Faça valer a pena. Faça valer a vida.

Autor:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.