Prova de residência: 3 temas de saúde coletiva para revisar

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Este é aquele momento do ano em que muitas provas de residência acontecem em todo o país. Para as provas de acesso direto de residentes de primeiro ano (as provas de R1) as cinco grandes áreas básicas são sempre a bola da vez. Com representatividade de um quinto da prova, a área de saúde coletiva, ou medicina preventiva e social – dependendo da região do país – é um campo em que uma revisão de véspera pode garantir alguns acertos extras que podem significar aquela melhor colocação no resultado geral.

Por isso, nós da PEB elencamos três assuntos para você revisitar na revisão final e que vão ajudar você a alcançar o sonhado lugar de R1.

Leia também: Residência médica: como decidir pelo melhor lugar?

prova de residência médica

Temas para prova de residência

Princípios do SUS

Esse é um dos temas mais recorrentes nas provas. Todos os anos em todas as provas ao menos uma questão sobre princípios do SUS acabam caindo. Por isso, não deixe de revisitar os três grandes conceitos:

  • Universalidade: todos os cidadãos brasileiros têm direito ao acesso às ações e serviços de saúde;
  • Equidade: tratar os indivíduos conforme as suas necessidades, ofertando maiores intervenções às populações com maiores vulnerabilidades e com maiores necessidades (dica, um aforismo para se lembrar disso é: “tratar diferentemente os diferentes”). Alguns exemplos práticos: classificação de riscos em unidades hospitalares, determinação de políticas públicas de atenção à saúde;
  • Integralidade: é a articulação contínua da promoção de saúde com prevenção e tratamento de agravos através de serviços e ações do âmbito individual e coletivo considerando o contexto social, familiar e cultural (lembre-se que isso está intimamente ligado à intersetorialidade de saúde, ou seja, a relação do setor saúde com o setor educação, o setor segurança pública, o setor transporte, entre outros).

Princípios da Medicina de Família e Comunidade/Atenção Primária

O outro tema que está sempre presente e se liga ao assunto anterior é cerca da atenção primária à saúde (APS). Mais do que o conceito de APS, o que sempre está presente nas provas são os princípios que caracterizam a atenção primária. Para isso é importante revisar os 4 princípios da atenção primária que também se aplicam à medicina de família e comunidade (embora aqui tenhamos uma observação que é o pulo do gato). Os princípios são:

  • Acesso ou primeiro contato: atenção primária é o nível de organização em saúde em que se dá o primeiro contato com o sistema único de saúde, é o nível de organização do serviço de saúde mais próximo do território (e consequentemente dos indivíduos), atuando como porta de entrada dos serviços de saúde;
  • Integralidade: a integralidade aqui se relaciona com a garantia de assistência em todos os níveis de organização dos serviços de saúde conforme sua diferença de densidade tecnológica (atenção primária, secundária e terciária) relacionando-se diretamente com a abrangência de serviços ofertada ao indivíduo (lembre-se que embora se relacione com a integralidade enquanto princípio do SUS esses conceitos são diferentes);
  • Longitudinalidade: esse princípio se relaciona com o tempo, com a garantia do cuidado de um indivíduo ao longo do tempo e pode ser percebido em ser atendido pela mesma equipe profissional em todas as suas necessidades básicas de saúde ou uso de prontuário único ao longo do tempo, denotando vínculo com o serviço;
  • Coordenação do cuidado: esse princípio se traduz como aquilo que define a APS como o nível organizador do sistema de saúde, de modo que todo o percurso assistencial do usuário, ou toda a jornada do paciente ao longo dos diversos níveis de atenção sejam coordenados pela APS (através das referências e contrarreferências por exemplo).

Veja aqui a série de textos sobre os componentes da Medicina de Família.

O pulo do gato está em se lembrar que a medicina de família e comunidade tem esses mesmos atributos e mais três características específicas. Essas características são:

  • Orientação comunitária;
  • Abordagem familiar;
  • Competência cultural.

Nota: Tanto para o tema 1 quanto para o tema 2 fixe bem cada conceito. Tem sido frequente questões contextualizadas com casos clínicos em que a partir da situação narrada se questiona a qual princípio tal situação melhor se aplica.

Conselhos de Saúde

Outro assunto que se popularizou muito nas provas diz respeito aos conselhos de saúde. Especialmente em relação aos conselhos locais, estaduais e o conselho nacional de saúde. Esse assunto se relaciona de modo direto com a legislação que regulamenta o sistema único de saúde, o SUS. Para isso, foque sua revisão nesses pontos chave:

  • Composição: os conselhos são compostos por 50% de usuários, 25% de trabalhadores de saúde e 25% de prestadores de saúde (públicos e privados);
  • Atribuições: deliberar sobre a estratégia e execução da política nacional de saúde, critérios para definição dos padrões e parâmetros assistenciais, convocar a Conferência Nacional de Saúde a cada quatro anos.

Bônus

Os últimos dois anos foram muito marcados por temas diretamente ligados ao cuidado à Covid-19. Por isso, lembre-se de revisitar ainda alguns dos assuntos vinculados aos tipos de estudo epidemiológico (coorte, observacional, caso-controle, ensaio clínico randomizado) focando na definição do método, aplicação e medidas em saúde associadas.

Além disso, não deixe de rever as Doenças de Notificação Compulsória, lembrando-se ainda de memorizar as principais doenças de notificação compulsória e ainda sobre documentos em saúde como preencher adequadamente a ficha (tema importante para provas práticas também) e outros documentos como a declaração de óbito (tema importante também para provas práticas).

Finalmente, tema fortemente influenciado pelas vacinas, recorde os níveis de prevenção em saúde (prevenção primária, secundária, terciária e quaternária) focando no conceito de cada nível (prevenção antes da existência do agravo, detecção em fase pré-clínica do agravo ou rastreamento, prevenção de complicações e morbidades vinculadas ao agravo e reabilitação, prevenção de incidentalomas e/ou iatrogenias) e sua correlação com a prática.

Lembre-se que esses temas são frequentes tanto em provas teóricas quanto práticas e que para provas práticas (e algumas teóricas) vale a pena focar na interseção entre as áreas (ex.: imunizações e pediatria ou obstetrícia, princípios do SUS e cuidados com pacientes crônicos em linhas de atenção como diabetes e hipertensão, atenção primária e cuidados de ciclos de vida como atenção ao idoso ou pré-natal).

Veja também:

Autor:

Referências bibliográficas:

  • Starfield B. Atenção primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Brasília: UNESCO; 2002
  • Gusso G, Lopes JMC. Tratado de Medicina de Família e Comunidade – 2a edição. Editora Artmed, 2019.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.