Quais são os custos do não aleitamento materno no Brasil?

O aleitamento materno não exclusivo é o mais importante fator de risco para morbidade e mortalidade de bebês e crianças pequenas, dentre outros problemas.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos

O aleitamento materno é uma pedra angular na sobrevivência e no desenvolvimento inicial infantil. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aleitamento materno exclusivo (AME) é definido como o consumo de leite materno sem suplementação de qualquer outro alimento ou bebida, nem mesmo água, exceto sais de reidratação oral (SRO), vitaminas, minerais e medicamentos.

O aleitamento materno não exclusivo é o mais importante fator de risco para morbidade e mortalidade de bebês e crianças pequenas. É responsável também por complicações em longo prazo, como baixo rendimento escolar, produtividade reduzida e desenvolvimento intelectual prejudicado.

Os lactentes devem ser amamentados exclusivamente ao seio nos primeiros seis meses de vida para alcançar crescimento, desenvolvimento e saúde ideais. Depois disso, para atender às suas necessidades nutricionais em evolução, os bebês devem receber alimentos complementares nutricionalmente adequados e seguros, e continuar a amamentação por até dois anos de idade ou mais.

Globalmente, a Assembleia Mundial de Saúde (World Health Assembly – WHA) fixou uma meta para aumentar a taxa de AME para 50% até 2025. O Brasil assumiu compromissos e deu passos importantes em direção a esse marco, mas a taxa de AME tem permanecido estagnada. Hoje, 39% das crianças menores de seis meses são exclusivamente amamentadas ao seio. Muito precisa ser feito ainda para alcançar a meta da WHA.

Saiba mais: Semana Mundial do Aleitamento Materno 2019

Consequências da amamentação inadequada no Brasil

Anualmente, a amamentação inadequada no Brasil resulta em:

  • Mais de 3.000 óbitos que poderiam ser evitados: quando uma criança não é amamentada, tem menos probabilidade de sobreviver. É mais provável que ela contraia doenças potencialmente fatais e seja menos capaz de combatê-las;
  • Cinco milhões de casos de diarreia e pneumonia: as crianças que não são amamentadas têm maior probabilidade de beber água suja (em fórmula) e têm sistemas imunológicos menos desenvolvidos. Isso significa que elas são mais propensas a contrair patógenos causadores de diarreia e pneumonia. Os efeitos podem durar por toda a vida;
  • Mais de um bilhão de dólares em gastos domésticos: quando uma criança não é amamentada, as famílias precisam comprar alimentos substitutos do leite materno, como as fórmulas infantis que são caras, especialmente para famílias de países de baixa e média renda; 
  • Mais de 42 milhões de dólares em gastos hospitalares: quando as crianças não são amamentadas, é mais provável que tanto as crianças quanto as mães fiquem doentes. Isso resulta em custos significativos de tratamento para os sistemas de saúde.

O que precisa ser feito?

Para que o país prospere nos níveis familiar, comunitário e nacional, as taxas e práticas de amamentação devem melhorar. Construir e sustentar o impulso em torno do AME requerem uma efetiva política de defesas e de mudança de comportamento social que combine comunicação interpessoal, mídia de massa e programações nas comunidades. 

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) promove a campanha “Agosto Dourado”, incentivando e valorizando ações de apoio ao alimento de ouro: o leite materno exclusivo. 

 

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades