Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Cirurgia / Quando tratar o desalinhamento do joelho?

Quando tratar o desalinhamento do joelho?

Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

O mau alinhamento das pernas é um motivo frequente de preocupação para pais que levam seus filhos ao ortopedista. Felizmente, na maior parte dos casos o desalinhamento do joelho é considerado fisiológico, ou seja, nada além de uma característica individual da criança. Quando o joelho apresenta boa mobilidade, são simétricos, indolores, nada mais será indicado além da observação.

Isso não significa, porém, que não existam casos em que o desalinhamento seja decorrente de uma doença e que precise ser tratado.

Desalinhamento do joelho

O alinhamento do joelho será classificado em um dos três grupos seguintes:

  • Neutro: quando o quadril, joelho e tornozelo estão alinhados;
  • Valgo: joelhos para dentro, ou “em X”;
  • Varo: joelhos afastados para fora.

Evolução do alinhamento do joelho infantil

O alinhamento se modifica com o crescimento:

  • Quando uma criança começa a andar, os joelhos são alinhados em varo;
  • Ao redor dos dois anos, tornam-se neutros;
  • Em seguida, alinham-se em valgo, atingindo-se o máximo de valgo com aproximadamente três anos;
  • Aos sete, assumem o alinhamento próximo do que ficará na idade adulta.

Tratamento

Nos casos de joelhos varos ou valgos fisiológicos, nenhum tratamento específico será necessário, além da observação. Sabemos hoje que nenhum calçado ou aparelho será capaz de corrigir um mau alinhamento no joelho. De fato, alguns pacientes corrigem o desalinhamento com a utilização destes calçados, mas esta correção não deve ser erroneamente atribuídos aos calçados, e sim à evolução natural que aconteceria independentemente dos calçados.

Mais do autor: Retorno esportivo após cirurgia para reconstrução ligamentar no joelho

Hemiepifisiodese

A única forma de se intervir no desenvolvimento do alinhamento das pernas é por meio de cirurgia, que terá indicação na ínfima minoria dos casos.

A técnica utilizada para isso, em um esqueleto que ainda tenha potencial de crescimento, é a hemiepifisiodese. Neste procedimento, o crescimento ósseo é bloqueado em um dos lados do joelho esperando-se que, com o crescimento do lado oposto, a deformidade seja gradativamente corrigida.

Existem diferentes formas de se fazer a hemiepifisiodese, sendo que algumas técnicas são reversíveis e outras não. Nas técnicas reversíveis, o crescimento voltará a ocorrer caso os implantes utilizados para a fixação sejam removidos.

Autor:

Referências bibliográficas:

  • Bertol P, Borges JLP. Hemiepifisiodese percutânea para o tratamento de defnormidades angulares do joelho. Rev Bras Ortop. 2004;39(6).
  • https://ortopedistadojoelho.com.br/o-joelho-infantil/
  • Espandar R, Mortazavi SM, Baghdadi T. Angular deformities of the lower limb in children. Asian J Sports Med. 2010;1(1):46–53. doi:10.5812/asjsm.34871

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.